Curta-SE enfrenta dificuldades devido a pouco apoio

0

A organização do Festival Luso-brasileiro de Curtas-Metragens (Curta-SE 5), que acontece de 27 de abril a 1º de maio, anunciaram à imprensa sergipana que estão encontrando dificuldades para captar recursos para a realização do evento. Os maiores patrocinadores, até o momento, são órgãos e empresas do Governo Federal e poucas entidades privadas.

 

Devido à falta de apoio, a estrutura do evento foi diminuída e está trazendo um número menor de convidados. Segundo a coordenação, o investimento em cultura é retorno garantido para o empresariado. Um deles é a Lei Rouanet/MinC, que estabelece que o empresário pode investir até 4% do valor total pago no imposto de renda, e terá 100% do investimento deduzido da despesa operacional.

 

Para Rosângela Rocha, diretora executiva da Casa Curta-SE, o festival é um dos mais respeitados entre os de curtas-metragens brasileiros. Segundo ela, o evento agrega qualidade e este ano contará com cobertura da mídia nacional, com a presença do Canal Brasil, da Revista de Cinema Brasileiro e do Estadão.

Comentários