Curta-SE implanta novo sistema de votação eletrônica

0

Trófeus a ser entregues para vencedores do Curta-SE (Foto: Ascom/Curta-SE)
No ano de dígitos redondos, o Festival Iberoamericano de Cinema de Sergipe (Curta-SE) completa seu aniversário com número também redondo e, simbolicamente, cabalístico ou misterioso. Para celebrar seu ano 10 em que coincidentemente todos os cidadãos brasileiros estão vivenciando um momento histórico no processo eleitoral do país, o Curta-SE decidiu implantar um sistema eletrônico de votação, assim como aconteceu na década de 90 no Brasil com a introdução das urnas eletrônicas.

Os objetivos também são mesmos daquele processo eleitoral: confiabilidade no processo de votação e agilidade na apuração e divulgação dos resultados. De acordo com Deyse Rocha,  produtora executiva do Festival, a experimentação desse recurso já vinha sendo pensada em outras edições, mas só agora foi possível implantar a votação eletrônica com os objetivos únicos de aperfeiçoar a contagem dos votos e agilizar a divulgação dos resultados.

“Nas edições anteriores, nosso sistema de votação funcionava com a impressão de cédulas o que demandava tempo antes e durante o evento. Isso dificultava a contagem e divulgação dos resultados. Mas só na edição comemorativa conseguimos implantar esse software como mais uma entre tantas outras novidades do Festival”, explicou Deyse Rocha em fase dos últimos ajustes para a realização do evento.

Onde e como votar?

O programa será operado por um mesário escolhido pela comissão do festival que terá a responsabilidade de inserir no sistema o RG do votante. Na tela de votação, aparecerão os itens (mostras que estarão concorrendo nas referidas categorias) e o ‘eleitor’ dará nota de 1 a 5 para cada mostra concorrente. O votante contará ainda com a opção ‘Não Assisti’, no caso de não conhecer ou não ter visto a mostra em exibição ou, ainda, quando a pessoa opte por não opinar. Serão disponibilizados quatro computadores.

A comissão organizadora informa que a votação inicia na abertura oficial, no Teatro Tobias Barreto, e segue de acordo com as exibições das mostras competitivas nas diferentes categorias no Cinemark/Aracaju, SESC e no auditório D na Universidade Tiradentes/Farolândia. Para votar é necessário apresentar um documento de identificação com número de RG e foto.

Sistema eletrônico de votação

Utilizando o banco de dados ‘Oracle Database 10g Express Edition’, uma versão gratuita do software Oracle, o sistema de votação eletrônico implantado pelo Curta-SE 10 foi desenvolvido pelo sergipano Mauro Simon, técnico em Tecnologia da Informação, e pelo gaúcho Johann Loreto. Segundo Mauro, o programa levou um pouco mais de um mês para ser concluído e testado para o festival, a fim de adequá-lo facilmente nos dias do evento.

“Convidado pela equipe do Curta-SE para criar um sistema eletrônico, decidimos em conjunto implantar o mesmo sistema do Coverama, que funciona muito bem desde a segunda edição desse evento. A partir disso, passei a analisar todo o processo do festival de cinema e o fluxo de votação para que pudéssemos criar uma peça simples e fácil de ser usada pelo público”, contou Simon.

Com o novo modelo de votação, as possibilidades de votos múltiplos, por exemplo, serão cessadas, já que o recurso eletrônico impedirá que a mesma pessoa possa votar em um mesmo candidato ou mostra como acontecia antes com a cédula de papel. “Agora, alcançamos algumas melhorias, além do fim da cédula teremos controle total das pessoas que irão votar e apuração imediata dos resultados. Tudo isso de maneira bem simples, dinâmica e intuitiva, para facilitar ao máximo o uso por parte dos usuários”, assegurou o técnico em TI.

Fonte: Ascom/Curta-SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais