Dia da Sergipanidade será comemorado com cortejo na Fausto Cardoso

0

A data de 24 de outubro é consagrada ao Dia da Sergipanidade e sua comemoração será feita este ano de maneira especial, principalmente porque estamos a menos de um ano para celebrar os 200 anos da emancipação política de Sergipe. Historicamente, foi em 8 de julho do ano de 1820, a data da Carta Régia que deu independência ao território de Sergipe, até então vinculado à Bahia, mas só no dia 24 de outubro que o documento chegou por aqui. Essa data foi portanto tão marcante que foi instituída como o Dia da Sergipanidade

A sergipanidade celebra a independência territorial de Sergipe, bem como enaltece a identidade do povo sergipano, destacando o seu folclore, a sua música, a sua literatura, seu patrimônio arquitetônico, suas cantigas de roda, suas crenças, sua gastronomia, sua gente, mitos, história e demais manifestações culturais que valorizam esse caráter de pertencimento.

Para celebrar a sergipanidade, o Governo do Estado de Sergipe, a Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap) e a Comissão Preparatória dos Festejos do Bicentenário da Emancipação Política de Sergipe prepararam uma programação especial de comemoração.

Programação:

O Dia da Sergipanidade será comemorado com um Cortejo saindo da Praça General Valadão (centro da cidade) em direção à Praça Fausto Cardoso, com a participação das Bandas Filarmônicas, de Grupos Folclóricos e o Desfile de Bandeiras dos 75 municípios de Sergipe, com a participação de estudantes da rede pública estadual. A população será convidada para participar dessa caminhada.

Na Praça Fausto Cardoso – onde se concentrará a comemoração – acontecerá o encontro das bandas filarmônicas com a SECBanda que executarão os Hinos do Brasil e de Sergipe. Será também nesse local onde o governador do Estado, Belivaldo Chagas e a presidente da Funcap, Conceição Vieira, farão pronunciamentos alusivos à data.

A celebração pelo Dia da Sergipanidade ainda terá as participações de grupos folclóricos do interior do estado, da Orquestra Jovem de Sergipe e do cantor Joba e o seu show Canção da Cidade Mãe.

Fonte: Ascom-Funcap/SE

Comentários