Elomar e Axial se apresentam no Projeto Pixinguinha

0

Trio Axial / Foto: Divulgação
Nesta quarta, 5, e quinta-feira, 6, a caravana 9 do Projeto Pixinguinha 2007, com Elomar e Axial, dá a partida dos shows em Aracaju, no Teatro Atheneu. Os shows acontecem sempre às 20h e os ingressos estão à venda na bilheteria do teatro a preços populares, R$ 5 (inteira) e R$ 2,50 (meia). Elomar se apresenta ao lado de João Omar Mello (violão e voz), Marcelo Bernardes (flauta) e Ocelo Mendonço (violoncelo), enquanto o grupo trio Axial faz seu próprio acompanhamento.

 

O Projeto Pixinguinha foi criado em 1977 por Hermínio Bello de Carvalho – a partir de outro projeto cultural, o Seis-e-Meia, que Albino Pinheiro criou no Rio de Janeiro e o chamara para coordenar. Duplas como João Bosco e Clementina de Jesus, Ivan Lins e Nana Caymmi, Simone e Suely Costa, Paulinho da Viola e Canhoto da Paraíba, Nara Leão, Camerata Carioca e Radamés Gnattali e Edu Lobo e o então estreante Boca Livre percorreram o Brasil e muitas cidades os viram ao vivo pela primeira vez. O Pixinguinha foi interrompido nos anos 90 e retomado pela Funarte em 2004, desde então com o patrocínio da Petrobras.

 

Axial

 

Formado em 2003, o grupo paulista conecta a raiz do cancioneiro popular aos elementos contemporâneos. Recentemente marcou presença na Copa da Cultura, em Berlim – Alemanha (2006), no Porto Musical/Feira Música Brasil, em Recife, e no Tim Festival (2007). O trio combina o uso dos instrumentos acústicos sob a organização e manipulação do computador. Tem dois discos lançados: Axial (2003) e Senóide (2007).

 

Elomar

 

Violonista e compositor baiano, é considerado um dos maiores representantes da música e da cultura brasileira. Sua obra ressalta as raízes do sertão numa moldura erudita. Atualmente, vem trabalhando na implantação de uma instituição cultural que leva o nome da fazenda onde vive – Casa dos Carneiros – onde produziu boa parte da sua obra, em contato direto com a matéria prima das suas peças: o universo ‘roçaliano’ e a cultura ‘sertaneza’. Entre suas composições, destacam-se Clariô, O violeiro e Arrumação.

Comentários