Exposição dos 131 anos após escravidão traz reflexão para o futuro

0

Já se passaram 131 anos desde que a escravidão foi abolida no Brasil. As memórias do período de tortura e escravatura no Brasil são doloridas, mas se fazem necessárias no processo de construção do futuro. De que forma podemos refletir sobre os efeitos da escravidão e o que está sendo construído nos dias atuais pela igualdade dos povos? Esse tipo de reflexão tem sido promovida pela exposição do arquivo público do Tribunal de Justiça de Sergipe, no bairro Capucho. Até o dia 31 de maio, sempre entre 9 e 13h, o local fará exposição de artigos do Museu Afro-Brasileiro de Laranjeiras, itens do acervo pessoal de Guga Viana e do arquivo público do TJ.

Confira a matéria completa no vídeo:

Comentários