Gacc realiza exposição de brinquedos reciclados

0
Zio Ribeiro, instrutor e educador social

O Grupo de Apoio à Criança com Câncer (Gacc) realiza exposição de brinquedos reciclados na Agência Central dos Correios, das 8h30 às 17h. O projeto ‘Aprender Brincando, vivendo o momento presente’ conta com a participação de 12 crianças da instituição. A mostra fica aberta até o próximo dia 24.

Nessa oficina, que teve início no mês de março, as crianças aprenderam a construir brinquedos feitos de materiais descartáveis. O projeto tem como coordenador, o educador social Zio Ribeiro . O professor entrou no grupo em 2009, mas já trabalha a oito anos com projetos parecidos, e aceitou a proposta oferecida pelo Gacc, em trabalhar com crianças.

Para o professor, trabalhar com essas crianças tem sido um aprendizado diário. “É uma satisfação enorme em trabalhar com essas crianças, não só ensino, mas também aprendo muito com eles, nem parece que estão com alguma doença, são muito espertos”, relata o professor. Ainda de acordo com Zio, a maior importância desse trabalho, é o lúdico, pois as crianças aprendem a conviver com o

Flávio Gabriel, aluno do Gacc

câncer, ajudando consequentemente no tratamento.

Flávio Gabriel de 13 anos é um dos alunos do Gacc que participou dessa oficina. Para ele, o projeto fez diferença no seu  tratamento. “Gosto muito de arte, por isso decidi participar dessa oficina. Aqui também fiz muitas amizades, e tenho muito carinho por todos os meus amigos”, disse o aluno, acrescentando que a oficina de brinquedos ajuda a ele esquecer um pouco das dores da quimioterapia.

As oficinas são realizadas nas segundas, terças e quintas no Gacc, e tem como foco,  ajudar na educação de crianças que tiveram que se afastar da escola para fazer o tratamento.

Regimari Dias, assistente social do Gacc

Segundo a assistente social, Regimari Dias de Oliveira, o principal objetivo desse projeto, é humanizar o tratamento de crianças com câncer. “Trabalhamos com a inclusão dessas crianças na sociedade. Eventos como este ajudam a diminuir o preconceito que essas crianças sofrem”, diz a assistente social.

Correios

A exposição conta com o apoio dos Correios que oferece o espaço ‘cantinho cultural’ para abrigar os trabalhos. Este espaço tem como objetivo mostrar a arte e cultura de Sergipe.

Segundo o assessor de comunicação dos Correios, Ginaldo de Jesus, apoiar as iniciativas de projetos de educação, arte e cultura, é uma obrigação. “É uma satisfação muito grande ver crianças felizes, essa é a nossa maior alegria”, afirma.

Comentários