Galeria de Arte J. Inácio recebe novas exposições da Lei Aldir Blanc

0
A solenidade acontecerá com transmissão virtual no Youtube e no Instagram da Fundação. (Foto: Ascom/Funcap)

Dando continuidade às exposições de artes visuais, a Fundação de Cultura e Arte Aperipê (Funcap) realiza nesta quarta-feira, 19, às 10h, na Galeria de Arte J. Inácio, a solenidade de abertura de abertura de mais três exposições com trabalhos de artistas contempladas na Lei Aldir Blanc: “Maio de 2020”, de Gabi Etinger; “Regionalismo Brasileiro”, de Genival Melo e “Casas, Calles, Colores”, de Paola Louise.

A solenidade acontecerá com transmissão virtual no Youtube e no Instagram da Fundação. Após o fim da transmissão as obras estarão disponíveis na Galeria até o dia 07 de junho e de forma virtual no site e também no Instagram da Funcap.

Sobre os artistas

Na exposição “Maio de 2020”, a artista visual Gabi Etinger apresenta a rotina entre quatro paredes, os novos ciclos de convivência dentro de casa, a família reunida durante vinte e quatro horas por dia, sete dias por semana; aniversários em plena quarentena, o mundo do lado de fora contemplado pelas janelas, os novos ciclos de convivência: “enquanto isso, revoadas de borboletas atravessam cidades. As plantas dos quintais viram moradia e alimento das lagartas. Casulos se abriram, borboletas voaram”.

Gabi Etinger é artista visual graduada em Design Gráfico. Desenvolve projetos gráficos e animações 2D com práticas artesanais. Ilustrou e animou os videoclipes Dois peixinhos (RXHM) e Cuna (Camilla Campos). Acompanha a cena cultural de Aracaju/SE criando cartazes para filmes e espetáculos, encartes de discos e publicações em geral, por meio da Calango Design e Comunicação (@calangodc). É designer e publica crônicas visuais na seção Olho Gordo, do site Poca Olho. Nasceu em Aracaju/SE, 1986, onde vive e trabalha.

Em “Regionalismo Brasileiro”, o artista Genival Melo aborda termos que se originam de fatores históricos da cultura regional, considerando as dimensões continentais do Brasil, o que permite a Genival Melo explorar formas diversas de expressão. Em seu trabalho, a dança e a culinária, dentre outras temáticas, são os elementos símbolos da riqueza regional explorada pelo artista. Genival Melo tem 51 anos e é sergipano de formação autodidata. Possui um estilo realista de cores e traços marcantes.

Na exposição “Casas, Calles, Colores”, a fotógrafa Paola Louise apresenta ao público a vibração das cores cubanas nas paredes, automóveis e roupas em frequências que ultrapassam a retina, penetram a pele, mudam o humor. “Em dias pandêmicos, revisitar o calor colorido da Havana e Trinidad de 2015 traz lembranças de um tempo que mais parece outra vida. Cuba faz abrir os olhos às belezas tanto quanto seu povo abre os dentes à alegria e a casa aos de passagem”. Neste trabalho, a artista busca atrair olhar do público para um contexto de contato íntimo, calor humano, trocas e simpatia.

Paola Louise Souto Bueno é fotógrafa, nasceu em Osasco/SP, mas foi criada em Aracaju/SE desde 1996. Graduada em Publicidade e Propaganda, é fotógrafa profissional há 15 anos, passeando entre editoriais de moda, retratos, publicidade, still.

Fonte: Ascom/Funcap

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais