Governo lança edital dos Pontos de Cultura

0

Lançamento será na Biblioteca Epifânio Dória
A Secretaria de Estado da Cultura (SEC) lança nesta segunda-feira, 22, às 17h, na Biblioteca Pública Epifânio Dória, o edital dos Pontos de Cultura do Estado de Sergipe. O período de inscrições será aberto em 4 de fevereiro e segue até 4 de março de 2009. Somente poderão concorrer instituições jurídicas sem fins lucrativos com atuação na área cultural, que comprovem pelo menos dois anos de existência e que estejam há pelo menos um ano no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ).

Atualmente, Sergipe possui seis Pontos de Cultura, distribuídos na capital, Aracaju, e nos municípios de Barra dos Coqueiros e Nossa Senhora do Socorro. Segundo o secretário de Estado da Cultura, Luiz Alberto dos Santos, os editais possibilitarão que o Estado interiorize sua política cultural. “Nosso objetivo é garantir que todo o estado tenha Pontos de Cultura, e com isso a possibilidade de incorporar a população a essas ações culturais”, afirmou.

Os recursos foram adquiridos através do convênio assinado pelo governador Marcelo Déda e o ministro da Cultura, Juca Ferreira, em julho deste ano. O termo prevê o repasse de até R$ 180 mil, durante três anos, às instituições que tiverem seus projetos selecionados. Ao todo, serão investidos R$ 5,4 milhões durante o período, sendo que o Estado de Sergipe será responsável por repassar R$ 1,8 milhão, um terço do valor empenhado.
 
Pontos de Cultura
 
Os Pontos de Cultura são responsáveis por articular e impulsionar as ações culturais já existentes nas comunidades. Já são mais de 650 Pontos de Cultura espalhados pelo país e, diante do desenvolvimento do programa, o MinC decidiu criar mecanismos de articulação entre os diversos Pontos, as Redes de Pontos de Cultura e os Pontões de Cultura.
 
O Ponto de Cultura não tem um modelo único, nem de instalações físicas, nem de programação ou atividade. Um aspecto comum a todos é a transversalidade da cultura e a gestão compartilhada entre poder público e a comunidade. Para mais informações, acesse o sítio do programa “Cultura Viva”.

Fonte: ASN

Comentários