Grupo Oxente se apresenta em São Luís

0

Foto: Maria Odília
Quando escreveu “O Santo e A Porca” para Cacilda Becker nos anos 50, Ariano Suassuna se inspirou na peça O Avarento, de Moliére, ícone do teatro Francês. Cinqüenta anos depois, o espetáculo chega à única cidade fundada por franceses no Brasil, São Luís do Maranhão.

“Escolhemos São Luís por ser uma cidade alegre, festeira e cheia de cultura popular assim como nosso Estado, Sergipe. Estamos felizes por estarmos aqui na terra do Tambor de Crioula e prometemos um espetáculo com muita diversão”, afirmou o ator e produtor do espetáculo Edmilson Suassuna, líder do grupo teatral Oxente e primo do autor.

As apresentações são gratuitas e acontecem nos próximos dias 13 e 14, às 21h, com entrada franca, no Teatro Arthur Azevedo, na Rua do Sol S/N, no centro da Capital Maranhense.
 

“O Santo e a Porca” conta a história de um viúvo que faz de tudo para esconder uma porca cheia de dinheiro sempre sob o olhar de um Santo. Além disso, ele vive as turras com vizinhos, empregados, a filha Margarida e a irmã Benona. No elenco estão Anamaria Brasil, André Santana, Cesar Leite, Edmilson Suassuna, Marcio Aislan, Rose Ribeiro e Rosana Costa. A montagem do Oxente aconteceu em 2002, graças ao projeto Encena Brasil, do governo federal. A direção é de Lindolfo Amaral e as coreografias de Tetê Nahas.

Este projeto foi selecionado pelo Programa BR de Cultura 2009/2010, da Petrobras. “O Santo e A Porca” foi um dos 43 espetáculos que, até dezembro de 2010, terão percorrido mais de 80 municípios localizados nos 27 estados do país. O resultado foi divulgado no dia 27/08 do ano passado, em solenidade na sede da Petrobras Distribuidora, no Rio de Janeiro. Através desta seleção, o grupo já se apresentou em Campo Grande/MS e Brasília/DF.

Confira trecho do espetáculo

Comentários