“Hora do Conto” estimula gosto pela leitura

0

(Foto: Pedro Leite)
“Um momento mágico”. É o que representa a Hora do Conto para Ivany Braz, uma das contadoras de histórias que faz parte do projeto. Realizada pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esporte (Funcaju) da Prefeitura de Aracaju, a atividade consiste na leitura de textos para crianças, com o objetivo de incentivar cada vez mais a leitura e desenvolver a criatividade.

A Hora do Conto acontece sempre às terças e quintas-feiras, nas Bibliotecas Municipais Clodomir Silva (Siqueira Campos) e Ivone de Menezes (Augusto Franco). Durante todo o dia, os contadores recebem turmas de estudantes do 1º ao 5º ano, e os levam para um mundo mágico através dos livros.

Durante a ‘contação”, como são denominadas as sessões pelos monitores do projeto, os alunos participam da atividade e ficam fascinados com o novo mundo da imaginação que vão descobrindo. Para Tarcísio Bruno, um dos responsáveis pela atividade, o projeto é fundamental na formação da criança. “Isso possibilita o contato com o livro, desperta o gosto pela leitura e desenvolve a imaginação”, garante.

A cada história, as crianças têm contato com obras de renomados autores nacionais e regionais, de forma adaptada para atingir adequadamente a cada turma, de diferentes faixas etárias. As histórias contadas para as crianças são do próprio acervo da biblioteca, que conta atualmente com cerca de 25 mil títulos.

Formação de contadores

Em parceria com a Universidade Federal de Sergipe (UFS), as Bibliotecas Municipais Ivone de Menezes e Clodomir Silva também desenvolvem o projeto “Arte, Literatura e Linguagem”, que funciona como um curso de extensão.

A atividade acontece duas vezes por ano com alunos do curso de Pedagogia, que aprendem técnicas e métodos para contar histórias. “Além de contar histórias às crianças, também incentivamos a formação de contadores através desse projeto”, conta Zélia.

AAN

Comentários