Irreverência e alegria na avenida

0

É assim que as Cajuranas se apresentam há 11 anos no Pré-Caju. No bloco que só sai homem, todos capricham no visual para viver seu dia de “mulher”. Um dos fundadores do bloco, o radialista Marinho, fala ao Portal InfoNet sobre o sucesso do bloco.

 

PORTAL INFONET – Será que o tema tem alguma coisa a ver com o seu apelido?

MARINHO – Pois é. Essa foi uma grande surpresa, pois só fiquei sabendo que era uma homenagem para mim quando cheguei aqui na avenida. Há 11 anos, um grupo de 26 amigos resolveu sair vestido de mulher. Mas só 25 foram para a avenida, pois devido as minhas atribuições profissionais na época, eu não pude participar. Fico realmente emocionado com a homenagem.

 

INFONET – Quantos integrantes participam este ano das Cajuranas?

M – Foram confeccionadas 1.800 fantasias, mesmo assim muita gente ainda ficou de fora do bloco. Isso só confirma o sucesso de uma brincadeira de um grupo de amigos, que hoje cresceu e atrai foliões de todos os lugares.

 

INFONET – Será que as Cajuranas vai se tornar um bloco oficial?

M – Essa não é a intenção da diretoria. Estamos formatando um projeto para que um dia as esposas e namoradas possam sair do nosso lado, já que elas não podem participar do bloco.

 

Por Leila Soares

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais