Juizado da Infância e Juventude continua atuando

0

Na terceira noite de Pré-Caju vários órgãos continuam trabalhando de maneira ostensiva para garantir a segurança dos foliões. É o caso do Juizado de Infância e Juventude, que conta com um posto instalado na área da prévia. De acordo com Miguel Ângelo da Rocha, comissário efetivo do Juizado, o trabalho do órgão é de fiscalização.

“Fiscalizamos menores dentro dos blocos, pois há uma faixa etária para eles poderem brincar. Abaixo de 14 anos, o menor deve estar acompanhado pelos pais ou responsáveis. Cada bloco conta com quatro comissários executando também a fiscalização das vendas de bebidas alcoólicas”, ressalta Miguel. Essa fiscalização das vendas também é realizada nos bares e barracas espalhadas pelos mercados.

Além disso, os comissários recebem menores perdidos. “Eles ficam aqui esperando a chegada dos pais, caso isto não aconteça e se o menor souber onde reside, o levamos até sua casa. No último caso eles são encaminhados para instituições de abrigo e todas as medidas necessárias serão tomadas, mas isto nunca aconteceu”, diz o comissário.

“Este trabalho é relevante porque o interesse do Juizado é proteger a criança e o adolescente. Proteger os direitos e a inviolabilidade destes direitos. Como somos nós que autorizamos a presença dos menores nos blocos através de alvarás, então temos que fiscalizar e estar presente para assegurar essa proteção”, completa Miguel Ângelo.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais