Leonardo Alencar será o primeiro sergipano a expor na galeria de arte da ABL

0
O artista será o primeiro sergipano a relizar exposição na ABL (Foto: Fabiana Costa /Secult)

A data para a exposição do artista plástico Leonardo Alencar na Academia Brasileira de Letras (ABL) se aproxima, e com ela muitas expectativas, não só por parte do artista, mas também dos envolvidos para que a exposição se tornasse realidade.

Pensando nisso, a secretária de Estado da Cultura, Eloísa Galdino, fez uma visita ao ateliê do artista, onde pôde acompanhar de perto os preparativos do pintor para a exposição ‘Terra adentro, Mar afora’, que será aberta no dia 16 de junho e que será composta por mais de 50 trabalhos de Alencar.

A Secretaria de Estado da Cultura (Secult), assim como a Casa Civil do Governo de Sergipe, a Emsetur, Banese e Energisa estão apoiando a viagem de Leonardo Alencar ao Rio de Janeiro. A Secult forneceu o material necessário para a confecção de algumas telas, além de disponibilizar parte da comunicação visual do vernissage. Os demais parceiros estão dando suporte em itens como a estadia do pintor e sua equipe na cidade maravilhosa.

“Leonardo Alencar é o primeiro sergipano que expõe na Galeria Manoel Bandeira, na ABL, e isso é um honra muito grande para todos nós sergipanos, pois leva a arte sergipana a uma dimensão nacional. Infelizmente não poderei comparecer à abertura da exposição, pois estarei em outros compromissos oficiais, mas vamos enviar o procurador Mário Brito, grande admirador das artes plásticas, como representante do Governo do Estado na exposição”, explicou a secretária Eloísa Galdino, ao artista.

Eloísa afirmou ainda que está articulando apoio na divulgação do vernissage na cidade maravilhosa, para que o maior número possível de cariocas possa conhecer o trabalho do sergipano. “O que queremos é que as pessoas não apenas conheçam a arte, mas que a valorizem, adquirindo os quadros que serão levados”, ressaltou.

A exposição acontecerá entre os dias 16 de junho a 16 de julho e retratará o amor, através dos personagens Arlequim, Pierrot e da Colombina. “Esta exposição será muito importante, e muito bonita, pois abre uma perspectiva para os artistas nordestinos, que nunca puderam expor na ABL. A Academia sempre foi muito fechada para o nordeste, e a ABL ter aprovado minha exposição, aprova, de certa forma, a região como o todo”, observou o artista.

Leonardo Alencar destacou ainda que a escolha das obras foi criteriosa e que abordasse a essência de seu trabalho. “Arlequins, Pierrot e Colombinas, além de pássaros, muitos desenhos e muita xilogravura farão parte do acervo que levaremos para o Rio.

Vida dedicada à arte

Nascido em 1941, Leonardo Alencar tem hoje, 70 anos de idade, sendo 50 destes, dedicado à arte. Em sua trajetória contou com o auxílio e os ensinamentos de outros grandes artistas locais, como Jordão de Oliveira, que foi seu grande incentivador. Tomou contato com o trabalho de outros artistas sergipanos, como J. Inácio, Álvaro dos Santos e Florival dos Santos, com os quais até atuou em conjunto.

Alencar sempre esteve envolvido com o movimento cultural sergipano, além de inspirar diversas fases do movimento artístico mundial. Com muitas obras provocativas e transcendentais, o artista pintou aquarelas, desenhos em bico de pena e acrílica sobre tela. Em seu currículo, inúmeras exposições inclusive na Europa, onde fixou residência em Londres, entre 71 e 74, onde vivia como free-lancer e desenhava para a revista Time Out. Além disso, participou ativamente da vida intelectual baiana.

Fonte: Ascom Secult

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais