Li e Recomendo -A menina que roubava livros

0

 

Jeferson Passos é secretário de Finanças de Aracaju
A dica de livro desta semana da seção ‘Li e Recomendo’ é do secretário municipal de Finanças, Jéferson Passos.  Ele recomenda a leitura do livro A menina que roubava livros, de autoria de Zusak Markus.  “Trata-se de uma história muito interessante que se passa no período da 2ª Guerra Mundial sobre uma garota que se torna órfã e é abrigada numa casa alemã. Ela costumava utilizar os conteúdos dos livros que roubava para ler para nortear a sua vida. O mais interessante no livro é a história contada através da morte, as dificuldades e a experiência que Liesel Meninger, consegue encontrar por meio da literatura”

Clique aqui para adquirir o livro
Livro

Autor: Zusak Markus 
Editora: Intrinseca
Sinopse: Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes. E saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse contar sua história, em “A menina que roubava livros”. Desde o início da vida de Liesel na rua Himmel, numa área pobre de Molching, cidade desenxabida próxima a Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido de sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona-de-casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, “O manual do coveiro”. Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro dos vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes. E foram esses livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte.

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais