Li e recomendo – Cine Privê

0

A professora Margareth indica uma obra da literatura sergipana (Foto: Portal Infonet)
Nesta semana o Li e Recomendo traz para os internautas do Portal Infonet a obra sergipana “Cine Privê”, de Antônio Carlos Viana. A indicação é da professora de literatura Margareth Araújo. “A abordagem dada pelo autor, traz um tom de realismo, sem deixar de lado o caráter lírico. A obra carrega uma simplicidade e a ingenuidade em sua narrativa”, aponta.

Margareth conta que o leitor irá realmente se colocar no papel de um espectador. “O livro possibilita um choque de realidade, quando mostra a rotina de meninos em confronto com esta mesma realidade hostil”, aponta. Da autoria de um dos contistas contemporâneos mais lidos do país, Margareth garante que o livro irá agradar muita gente. “Antônio traz uma linguagem autêntica e forte, mas sem grosserias. O livro mostrará ao leitor dimensões que vão além das linhas”, reforça.

Clique aqui para adquirir o livro
Livro: Cine Privê

Autor: Antônio Carlos Viana

Editora: Companhia das Letras

Sinopse: “Noite de pouco movimento, seu Manuel sai de sua cadeira e espia por uma brecha no tabique pedaços do show de sexo explícito no palco onde os refletores dançam enlouquecidos, e fica de um jeito que tem vergonha até de si mesmo. Desde que sua filha nasceu, Doralice lhe fechou as pernas para sempre. Lá se vão quase quinze anos. Não quis mais nada com ele. Chegou a pensar que ele tinha arrumado outro, mas era difícil, evangélica até e mais longo fio de seus longos cabelos. Na plateia, um monte de homem, atento, um silêncio quase religioso, o olhar preso no casal fazendo malabarismos no palco. É nessa hora que um bando de mulheres de fio-dental aparece do nado do teatro escuro. Elas ficam passeando pelos corredores para ajudar os homens que se acariciam sozinhos. Roçam-se no ombro dos que ficam nas poltronas laterais e muitos deles nem sabem que, se se deixarem tocar, têm de acertar contas depois ou aceitar o convite para ir a um dos quartinhos no fundo do teatro. Pensar que ali já passou até os dez mandamentos…”

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais