Mastruz com Leite encerra Forró Caju 2004

0

A última atração da noite é a banda Mastruz com Leite. Pioneira na criação do estilo de forró, hoje intitulado eletrônico, alvo de censura, o grupo não se importa com as críticas. “Nem Jesus Cristo agradou a todos. Toda crítica, seja ela boa ou ruim, serve para o nosso fortalecimento, crescimento e aprimoramento”, diz Thiago, sanfoneiro da banda. É inegável o importante papel da banda na mudança do cenário da música nordestina. Eles dizem que se sentem muito felizes por terem contribuído para o surgimento de um estilo que abriu, e ainda abre, portas para tantos outros grupos e artistas. Com relação a tocar no Forró Caju, Thiago diz que é uma grande alegria e satisfação. “Estar aqui é a prova de que fazemos bem o nosso trabalho. Nós batalhamos muito, corremos atrás do que queríamos e, graças a Deus, chegamos até aqui”, ressalta. Sobe a relação de Mastruz com Leite com o público sergipano, Thiago descreve como fiel e atencioso. “Temos até fã-clube no Estado. O público nos acompanha por onde vamos e isso é muito bom”, afirma o músico. Mastruz balança o público que, apesar da despedida da festa, não deixa a praça de eventos.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais