Memorial da Bandeira está em exposição no Palácio Olímpio Campos

0

Exposição ocorre no Palácio Museu Olímpio Campos (Foto: Arquivo Infonet)
Parte do acervo do Memorial da Bandeira, mantido pela Prefeitura de Aracaju, integra a exposição ‘Museu 14 – Diversidade & Memória de Museus Sergipanos”, que fica no Palácio Museu Olímpio Campos até o próximo dia 10. A mostra reúne peças de 14 instituições de memória do estado, entre elas museus públicos e privados de diferentes cidades sergipanas.

A exposição faz parte do projeto “Primavera nos Museus”, promovido em todo país pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e pelo Ministério da Cultura (MinC) em comemoração à chegada da estação das flores. A mostra tem entrada franca e fica aberta ao público de terça a sexta das 10 às 17h, e aos sábados e domingos das 9 às 13h.

O objetivo é proporcionar aos visitantes uma visão ampla e diversificada dos equipamentos culturais sergipanos e seus acervos, destacando aquilo que está exposto nos espaços tradicionais dos principais museus e memoriais de Sergipe. A exposição reúne objetos variados, como fotos, quadros, documentos históricos e até mesmo fósseis. Os itens são acompanhados por breves textos informativos.

Bandeiras

O Memorial da Bandeira, em homenagem ao mês da Proclamação da República, exibe na mostra as bandeiras do Brasil Império e República. Outra parte do seu acervo permanente está exposta no Mirante da 13 de Julho. O acervo completo reúne selos nacionais, da cidade de Aracaju e do estado de Sergipe; brasões de armas; letras de hinos; bandeiras em miniatura de todos estados brasileiros; livros e periódicos sobre a história de Sergipe, além das bandeiras do Brasil República, Brasil Império e Brasil Colônia.

Instituições

Também integram a exposição ‘Museu 14 – Diversidade & Memória de Museus Sergipanos” o Museu Raimundo Fernandes Fonseca,  Museu Histórico de Sergipe, Museu Galdino Bicho (IHGS), Museu do Homem Sergipano (UFS), Museu do Cangaço, Museu de Arte Sacra de Laranjeiras, Museu Arqueológico de Xingó, Museu Afrobrasileiro de Sergipe, além do Memorial do Judiciário, Memorial do Instituto de Tecnologia e Pesquisa de Sergipe, Memorial de Sergipe (UNIT), a Fundação Museu de Arte Sacra de Sergipe e a Casa de Cultura João Ribeiro.

Fonte: Ascom/Funcaju

Comentários