Memorial da Bandeira resgata história do Brasil e de Sergipe

0

(Foto: Edinah Mary)
Inaugurado em julho de 2004 com a finalidade de resgatar os símbolos cívicos e ao mesmo tempo fazer uma homenagem à praça que leva o nome do maior símbolo nacional, o Memorial da Bandeira faz parte do Projeto Museu de Rua da Prefeitura de Aracaju e é administrado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes (Funcaju). O espaço foi projetado sob os critérios de inclusão social com acessibilidade para cadeirantes e fica localizado na Praça da Bandeira, esquina com a Rua Boquim – centro.

O acervo do memorial dispõe de bandeiras do Brasil colônia, Brasil império e Brasil república; selos nacional, da cidade de Aracaju e de Sergipe; brasões de armas nacional e da cidade de Aracaju; letras do Hino Nacional e do Hino à Bandeira, além de uma panóplia (conjunto de bandeiras em miniatura) de todos os Estados brasileiros.

No entanto, o que chama mais atenção é uma maquete de 2×1,5 metros feita pelo maquetista Antonio Soares, que reproduz o mapa de Sergipe e as réplicas das igrejas dos 75 municípios sergipanos, onde ao lado de cada uma está uma bandeira municipal. A maquete tem placas informativas sobre os municípios, também em braile, permitindo aos deficientes visuais acesso às informações. Além disso, ao apertar o botão correspondente a uma determinada cidade, uma pequena lâmpada acende junto à réplica da igreja correspondente.

Segundo a diretora do Memorial da Bandeira, Bianca Carvalho, o espaço serve como fonte de pesquisa para alunos e professores de turismo, história e museologia. “O Memorial da Bandeira tem em seu acervo livros e periódicos sobre a história de Sergipe. Qualquer cidadão pode vir a fazer consultas sobre o contexto histórico de Aracaju e do Estado”, afirma.

A diretora ressalta ainda que escolas e universidades podem agendar visitas ao local, que tem no quadro funcional duas monitoras de história prontas para orientá-los em pesquisas e informações. O memorial funciona de segunda a sexta-feira, das 10 às 16h. A entrada é franca e as visitas de escolas e universidades podem ser agendadas pelo telefone (79) 3179-7471.

Fonte: AAN

Comentários