Missa de Lava Pés inicia celebração do Tríduo Pascal em Aracaju

0
Missa de Lava Pés (Fotos: Portal Infonet)

 

Padre Peixoto presidiu a missa

Centenas de fiéis católicos se reuniram no fim da tarde desta quinta-feira, 18, na rua Propriá, local onde funciona provisoriamente a Catedral Metropolitana de Aracaju, para participar da tradicional Missa de Lava Pés, que foi presidida pelo Padre Antônio Peixoto. O ritual marca o início da celebração do Tríduo Pascal, que é o conjunto de três dias que relembram a paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo.

Para a missionária Leila Amaral, o Tríduo Pascal revive o amor de Deus para a humanidade. “Nesta missa, relembramos o mistério do amor de Deus para nós. É nesse mistério, que o senhor se abaixa e se aniquila por nós. Neste momento, Jesus se coloca como servo da humanidade e não como aquele que está na glória”, opina.

Leila Amaral é missionária

O advogado Jerônimo Peixoto, que todos os anos acompanha a Missa de Lava Pés ao lado da esposa, Simone Rodrigues, conta que a missa é a oportunidade de reviver a instituição da Eucaristia. “A ceia pascal, que para os judeus era sinônimo de libertação na época em que eram escravos no egito, ganhou uma nova significação quando Jesus reuniu seus apóstolos e pegou do pão e vinho, dizendo ‘isso será meu sangue derramado por vós para remissão dos pecados’. A partir daí, nós cristãos adoramos a Eucaristia como sinal da presença viva de Jesus entre nós”.

Casal acompanha anualmente a missa Lava Pés

As celebrações seguem durante o fim de semana. Nesta sexta-feira, 19, 9h, acontecem as confissões. A partir das 15h, acontece a Celebração da Paixão do Senhor e às 19h, o Sermão das Sete Palavras e Procissão do Senhor Morto. No sábado, 20, a partir das 19h, acontece a Celebração da Vigília Pascal a procissão do Ressuscitado. No domingo, 21, as missas de Páscoa acontecem às 8h, 10h30, 16h30 e 19h30.

por Verlane Estácio

Comentários