Nem só de axé vive a Bahia

0

Quem só deixou o Cariri no último toque da sanfona curtiu, na noite dessa sexta-feira, dia 20, muito xote, xaxado, baião e arrasta-pé. O baiano Del Feliz provou, no lançamento de seu quinto CD “O que é o amor”, quem nem só de axé vive a Bahia.

Forrozeiro desde 1998, Del Feliz contou ao Portal InfoNet que, apesar do novo trabalho “ter muita balada romântica, conserva o mesmo respeito às raízes nordestinas e que a escolha do repertório, não tem a ver com o coração, foi apenas uma feliz coincidência”.

A noite, que começou ao som da sanfona de Zé Rosendo e Marluce, só terminou com o show da cantora sergipana Amorosa, com quem Del Feliz dividiu o palco para apresentar a música que dá nome ao CD  “O que é o amor”.

Para o casal de mineiros Alice e Pedro Carvalho o forró de Del Feliz  é “arretado de bom e é mais uma boa lembrança que o grupo de turistas de Ipatinga (MG) leva de Aracaju”. A dona de casa Maria Cruz, de 77 anos, que quase nunca sai de casa, também foi ao bar e restaurante Cariri assistir ao show de Del Feliz, esse “ menino de 32 anos com cara de 31 e meio”, como brincam os amigos.

E pra quem foi pra casa com um gostinho de quero mais, aqui vai uma boa notícia. Del Feliz, que fará várias apresentações no interior da Bahia, já tem data marcada para voltar a Sergipe. Ele se apresenta show dia 4 de junho no Parque Resort Boa Luz .

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais