No mês de dezembro, Feirinha da Gambiarra acontece em duas edições

0
As últimas edições de 2021 acontecem em dois locais, na Praça Zilda Arns e no Parque da Sementeira. (Foto: Estúdio Gambiarra/Jonatha Dionísio)

Movimentando a economia sergipana de forma criativa, a Feirinha da Gambiarra, evento cultural que reúne mais de 100 expositores a cada realização, encerrará o ano com mais duas edições, nos dias 5 e 12 de dezembro. Fechando o calendário do ano, as últimas edições de 2021 acontecem em dois locais, na Praça Zilda Arns e no Parque da Sementeira, respectivamente, ambas no mesmo horário, das 15h até às 21h.

Para os expositores que desejam participar do evento, as inscrições estão abertas para as duas datas, e podem ser feitas acessando o link disponibilizado no perfil do instagram @feirinhadagambiarra. O expositor interessado deve preencher o formulário com todos os dados solicitados e aguardar o resultado da curadoria. A organização da Feirinha entrará em contato para informar sobre a aprovação.

Ao público, a entrada é gratuita, com a doação de 1kg de alimento. Os alimentos arrecadados serão entregues para a instituição adotada de cada edição. De acordo com a criadora do evento, a arquiteta urbanista e empreendedora do Estúdio Gambiarra, Isabele Ribeiro, um dos nossos maiores objetivos da Feirinha é fazer com que o aracajuano enxergue o potencial de Aracaju e como viver sua cidade.

“A gente cria esse cenário para o aracajuano perceber o seu lugar e sentir parte dele. Qualquer pessoa que more em qualquer bairro da cidade pode ir à feirinha acessando gratuitamente. Nesse sentido, a gente faz um evento levando música de qualidade, onde a pessoa pode ir simplesmente para encontrar outras pessoas, levar seu cachorro para passear, para vivenciar sua cidade. Tem a opção de comprar, de conhecer empreendedores locais, esse movimento cultural mesmo”, disse a arquiteta.

A valorização do cenário cultural é marcada no evento também pela presença de artistas locais do ramo musical. É dentro desse contexto que as últimas edições de 2021 contarão com as apresentações de Celda Fontes e Sany Fontes, com Cantorias Infantis; as canções de Anne Carol, com versão acústica; e Alex Sant’Anna, lançando seu show do disco Baião Amargo.

A Feirinha da Gambiarra, que já realizou 22 edições desde a sua criação, no ano de 2012, completa, em 2022, 10 anos movimentando o cenário cultural local. O evento reúne diversas áreas do empreendedorismo local, como espaços de gastronomia, kids, pet friendly, além de sorteios e muito mais.

A iniciativa, além de ser uma porta para a exposição de novas marcas, abre espaço para divulgação do empreendedorismo sergipano, movimentando a economia de forma criativa, com cultura, conhecimento e abrindo caminhos para novos empreendedores ampliarem seu negócio.

“É um evento feito de forma privada, sem patrocínio do poder público. A Gambiarra chega nesse momento que é preciso trazer o olhar da gestão pública, principalmente nesse momento de pandemia, para que ela continue sobrevivendo. Trazemos esse olhar para o pequeno empreendedor, esse fortalecimento da cena cultural . Quando fazemos um evento, fazemos com que todo o processo , toda uma rede de pessoas, desde de quem faz a montagem da estrutura, até quem faz a limpeza do espaço no final do evento, se nutra também”, reforçou a criadora da Feirinha.

A Feirinha da Gambiarra já passou por diversos pontos de Aracaju, a exemplo da biblioteca pública Epifânio Dórea, dois locais diferentes do bairro São José, bairro Inácio Barbosa, Parque da Sementeira e Praça Zilda Arns.

Fonte: Ascom/Feirinha da Gambiarra

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais