OAB/SE realiza colóquio virtual sobre violência contra pessoa idosa

0

Por mais um ano, a Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Sergipe, aderiu ao “Junho Violeta”, mobilização que acontece anualmente no dia 15 de junho. Em alusão à campanha, a Ordem realizará o II Colóquio Virtual de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa.

A data de conscientização foi instituída em 2006 pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa. Desde 2006, 15 de junho é reafirmado com a realização de campanhas por todo o mundo, a exemplo do mês violeta.

“Junho Violeta” é o mês de combate à violência contra a pessoa idosa e, em todo o mundo, a mobilização visa promover o reconhecimento dos idosos como sujeitos de direitos, difundido os canais de denúncia e buscando a sensibilização da sociedade sobre o assunto.

Com objetivo de alertar sobre o aumento de casos de violência contra pessoa idosa em tempos de pandemia, o colóquio da OAB ocorrerá em quatro dias distintos: 01, 08, 10 e 15 de junho. O evento é idealizado pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa da Seccional.

Os temas abordados serão “Abandono afetivo inverso na pandemia” (01/06); “Violência contra pessoa idosa e distanciamento social nos condomínios” (08/06); “Violência contra pessoa idosa na área da saúde em tempos de pandemia” (10/06); e “A aplicação penal na violência contra pessoa idosa e em tempos de pandemia” (15/06).

O colóquio será gratuito, com transmissão no canal da OAB/SE no YouTube. Nos quatro dias, o evento ocorrerá das 19 às 20 horas. Os palestrantes serão o psicólogo Janilson Teixeira de Santana (dia 01); a assistente social Weslânia Paz (dia 08); o médico Alexandre Silva Cardoso (dia 10); e o juiz de Direito Manoel Costa Neto (dia 15).

Denúncia

Os tipos de violência contra a pessoa idosa são muitos e diversos: violência psicológica, física ou sexual; abandono; negligência; etc. As denúncias de violência contra as pessoas idosas devem ser feitas pelo “Disque 100”. As denúncias são anônimas e a ligação é gratuita.

Fonte: OAB/SE

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais