Olha a Marinete do Forró

0

Grandes janelas de vidro, bandos de madeira, como os de praças agrupados de dois em dois. Nas laterais traz pintado um motivo bem típico da cidade: araras. Na placa que indica o destino lê-se: especial. Esta é a Marinete do Forró, um projeto da Prefeitura Municipal de Aracaju, através da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Esportes – Funcaju – para incentivar o turismo e divulgar o Forró Caju. Em seu quarto ano, o projeto traz novidades. A primeira é que a marinete funcionou durante a realização do Fórum do Forró, buscando nos hotéis os participantes do evento para conduzi-los até o Teatro Atheneu, onde aconteceu o evento. A segunda é que ela ganhou mais tempo para rodar. Diferentemente dos anos anteriores, quando ela funcionou apenas no período do Forró Caju, este ano começou suas atividades no dia 1º de junho e vai continuá-las até 30 deste mês. Forró pé-de-serra Para quem passeia na marinete a diversão é garantida. Junto com os passageiros vai um típico trio de forró pé-de-serra, tocando forró e atendendo pedidos dos presentes, do começo ao fim do percurso. Do trio participam o sanfoneiro Robertinho dos 18 Baixos, filho da Cantora Clemilda, que garante ser muito satisfatório poder distrair, divertir e alegrar os passageiros, que respondem ao trio dançando e cantando. “Achei a idéia do pé-de-serra muito boa e original”, diz Silvania de Moura Santos, auxiliar de enfermagem. O passeio começa no Hotel Parque dos Coqueiros e segue pela Orla da Praia de Atalaia até o mirante do calçadão da 13 de Julho, onde é feita a primeira parada. Depois segue pela avenida Ivo do Prado, parando na Ponte do Imperador, para visitação ao Museu de Rua e posteriormente nos Mercados. Dali a marinete passa pela Orlinha do Bairro Industrial com destino à Colina do Santo Antônio. Para encerrar o passeio uma última parada na Rua 24 Horas e retorna ao ponto de partida. Dois passeios por dia A viagem encanta turistas e moradores da cidade. O professor Juvenal Fonseca gostou tanto que pretende voltar mais vezes. “O passeio está muito bom e interessante. Fora isso, o povo é muito receptivo, acolhedor e solícito. A cidade é limpa e recebe bem os turistas”, disse o professor carioca, que reside em Recife e está na cidade por ocasião do Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes de Ensino Superior – Andes. Assim como Juvenal, a enfermeira Fátima Moreira aprovou o projeto. “É maravilhoso, sou da terra e não conhecia essa maravilha. Acho e idéia fantástica”, afirma. Os passeios da Marinete do Forró acontecem duas vezes por dia, sendo um pela manhã às 9h e outro pela tarde 15h e contam com o acompanhamento do guia Elma Melo, que orienta, principalmente, os turistas. Segundo ela, um grande número de turistas tem feito o passeio. A marinte sai, diariamente, sempre do mesmo local. Por Alice Thomaz

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais