Ordem de serviço para revitalizar prédio da Alfândega

0

Prefeito assina ordem de serviço e…

No final da manhã desta sexta-feira, 10, o prefeito Edvaldo Nogueira assinou ordem de serviço autorizando o início da obra de revitalização da Alfândega, prédio histórico localizado na Praça General Valadão, que há muitos anos foi abandonado pelo poder público. Com o gesto, o prefeito autoriza o início das obras para transformar aquele imóvel em Centro Cultural Cidade de Aracaju.

A obra está avaliada em quase R$ 2,8 milhões e será financiada pelo BID com a contrapartida da Prefeitura de Aracaju, segundo o prefeito. As obras serão iniciadas na próxima segunda-feira, 13, pela empresa Camel Empreendimentos e Construções Ltda, vencedora da licitação realizada pela PMA. “Pensei que esse projeto seria a terra prometida e eu Moisés”, desabou o prefeito, demonstrando forte emoção por estar, segundo enfatizou, realizando um sonho enquanto administrador público.

Ele informou que buscou apoio em diversas instituições e não conseguiu êxito, inclusive tentou parceria com instituições nacionais e internacionais. “Peregrinei de pires na mão até pela Europa e nunca conseguia recursos, mas não desisti”, comentou. “Lembro aqui Mário Lago: ‘os homens e as mulheres nunca podem perder a esperança porque quando homens e mulheres perdem a esperança é como se a gente arrancasse as cores do arco-íris”, filosofou Nogueira.

… expõe documento externando a alegria (Fotos: Portal Infonet)

A pretensão da Prefeitura de Aracaju é concluir as obras no mês de dezembro deste ano. O Centro Cultural será dotado de teatro, cinema, espaço para exposições artísticas, museu, além de tantos outros atrativos e uma das maiores preocupações do prefeito está na administração do empreendimento depois de pronto. Ele pretende fazer parcerias para que haja uma administração profissional de forma a evitar depreciação do patrimônio e cita o Banco do Brasil como alvo desta iniciativa.

Por Cássia Santana

Comentários