Orquestra recebe o maestro Jamil Maluf nesta quarta

0

Jamil Maluf (Foto: Ascom Secult)

O mês de abril começa com uma programação cultural de encantar os amantes da boa música. Na próxima quarta-feira, 4, a partir da 20h30, a Orquestra Sinfônica de Sergipe leva ao palco do Teatro Tobias Barreto, através de sua série Mangabeiras, dois importantes músicos do cenário artístico nacional: o regente Jamil Maluf e a pianista Karin Fernandes. O intuito dessa série é apresentar obras inéditas para o público sergipano, visando a formação de público e popularização do acesso.

Segundo o regente titular e diretor artístico da ORSSE, Guilherme Mannis, “O concerto aliará o melhor da música moderna a dois grandes ícones do romantismo, Wagner e Liszt. Além disso, trará dois grandes músicos: o maestro Jamil Maluf, cujo trabalho com a Orquestra Experimental de Repertório, em São Paulo, é irrepreensível e formou gerações de excelentes profissionais, e a pianista Karin Fernandes, que é um dos grandes ícones da nova geração”.

A Orquestra Sinfônica é mantida pelo Governo de Sergipe, através da Secretaria de Estado da Cultura (Secult), com patrocínio do Instituto Banese e Banese Card. Com estes apoios, o organismo continua a potencializar com destreza a música clássica no Estado, proporcionando à população experiências com renomados artistas nacionais e internacionais.

Programa
A apresentação chega como o segundo concerto da série Mangabeiras e traz ao público peças importantes do mundo sinfônico como Abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg”, de Richard Wagner; o concerto para piano nº1, S.124, em mi bemol maior, de Franz Liszt; e a suíte orquestral “O Pássaro de Fogo”, de Igor Stravinsky. Ambas as peças são marcantes e remontam, cada uma ao seu tempo, parte da trajetória destes importantes compositores. O concerto também, é a primeira apresentação do ano com regentes convidados, reforçando o projeto da Orquestra que visa intercambiar com renomados músicos e regentes do cenários nacional e internacional.

Jamil é maestro, pianista e compositor brasileiro nascido em Piracicaba, São Paulo. É também o fundador da Orquestra Experimental de Repertório e seu regente titular. Estudou regência orquestral na Alemanha com Francis Travis e Cláudio Santoro e graduou-se em regência orquestral na Escola Superior de Música de Detmoldst. Jamil Maluf foi também maestro titular e diretor musical da Orquestra Sinfônica do Paraná, onde permaneceu até 2002.

Já a pianista Karin Fernandes se dedica aos estudos pianísticos desde os sete anos de idade. Aos dez, recebeu o primeiro prêmio em um concurso de piano, e também o prêmio de “Melhor intérprete de Música Brasileira”. Suas premiações incluem vinte e um primeiros prêmios, com destaque para o “X Prêmio Eldorado de Música”, em 1999.

Como pianista solista, Karin já se apresentou em todas as regiões brasileiras, e também em Portugal, Inglaterra, Argentina e Paraguai. No Brasil, com algumas das orquestras mais importantes do país, tais como Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo, Orquestra Sinfônica de Campinas, Banda Sinfônica do Estado de São Paulo, Sinfonia Cultura, Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina, entre outras, atuando com os maestros John Neschling, Lutero Rodrigues, Benito Juarez, Roberto Farias, Emmanuele Baldini, Richard Markson, Fernando Berti, Edson Beltrami, Jean Reis, Rafael Sans-Espert, dentre outros.

Richard WAGNER (1813-1883)
Abertura da ópera “Os Mestres Cantores de Nuremberg”
Franz LISZT (1811-1886)
Concerto para piano nº1, S.124, em mi bemol maior
1. Allegro maestoso
2. Quasi adagio
3. Allegretto vivace – Allegro animato
4. Allegro marziale animato
Intervalo

Igor STRAVINSKY (1182-1971)
“O Pássaro de Fogo”, suíte orquestral (versão de 1919)
1. Introdução—A Dança do Pássaro de Fogo- Variação
2. Rondó das Princesas Khorovod
3. Dança Infernal do rei Kastchei
4. Berceuse
5. Finale.

Fonte: Ascom Secult

Comentários