Orquestra Sinfônica Brasileira e Eneva promovem concertos em Aracaju

(Foto: Andrea Nestrea)

Democratizar o acesso à música clássica sempre foi um dos pilares da Orquestra Sinfônica Brasileira. Por isso, com o patrocínio da Eneva, empresa integrada de energia, entre os dias 4 e 8 de dezembro, a OSB vai promover, pela primeira vez, atividades educativas e artísticas em Aracaju e em Barra dos Coqueiros, que incluem capacitação para músicos locais, concertos didáticos em escolas públicas, aulas de canto coral e duas apresentações gratuitas: dia 7/12, no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju; e dia 8/12 na Escola João Cruz, em Barra dos Coqueiros.

No repertório das apresentações, trechos de obras clássicas de compositores como Mozart, Bach e Chiquinha Gonzaga, e também obras natalinas, como “Noite Feliz” e “Boas Festas”.

“A parceria da Eneva com a Orquestra Sinfônica Brasileira promove educação musical, conscientização ambiental e transformação social. É uma iniciativa fundamental para democratizar o acesso à cultura e criar conexões que transcendem os palcos, impactando positivamente as comunidades de Aracaju e Barra dos Coqueiros”, enfatiza Flavia Heller, diretora executiva de Estratégia e ESG da Eneva.

As atividades começam no dia 4 com a Oficina Maracabalde, atividade que ensinará estudantes a construírem seus próprios instrumentos de percussão do maracatu com materiais recicláveis, promovendo musicalização e ainda consciência ambiental. As oficinas acontecerão em diversas escolas públicas, quase todas em Barra dos Coqueiros. A primeira é a Escola Municipal Prefeito José Mota Macedo, dia 4, às 9h30, no Povoado Capoã. No dia 4, às 14h, é a vez da Escola Deoclides José Pereira, no Povoado Jatobá.

No dia 5/12, às 9h30, o concerto didático será na Escola Prof. Maria Lígia Santos Moura; e dia 5/12, às 14h, na Escola Marili de Moura Lima. Já no dia 6/12, às 9h30, tem concerto na Escola Municipal Mário Trindade Cruz, em Pirambu; e dia 6/12, às 14h30, na Escola João Cruz.

A OSB também vai promover dois concertos didáticos na Escola João Cruz, em Barra dos Coqueiros, dia 5/12, terça, em dois horários: às 10h e às 13h30. Nos concertos, um Quarteto de Cordas – formado por Gabriela Queiroz (1º violino), Michael Machado (2º violino), Tiago Vieira (viola) e Emília Valova (violoncelo) – vai tocar algumas obras e ainda falar sobre as composições e os instrumentos, criando uma atividade lúdica e didática para os estudantes.

Além de tocar com a Orquestra, os jovens músicos da Orquestra Jovem do Sergipe também terão a oportunidade única de ter aulas e aprimorar elementos e práticas do universo sinfônico com alguns dos mais importantes músicos do país, integrantes da OSB, ao longo dos dias.

Para concluir em grande estilo as atividades, o Quarteto de Cordas da Orquestra Sinfônica Brasileira se apresentará ao lado da Orquestra Jovem de Sergipe em dois dias: 7 de dezembro, quinta, às 19h30, no Teatro Tobias Barreto, em Aracaju; e no dia 8 de dezembro, sexta, às 19h, na Escola João Cruz, em Barra dos Coqueiros. Os dois concertos são gratuitos.

A gerente geral de Comunicação e Marketing da Eneva, Camila Schoti, aborda a valorização da cultura local pela companhia. “Juntar uma instituição como a Orquestra Sinfônica Brasileira com a Orquestra Jovem de Sergipe e poder oferecer esse espetáculo para a população, para nossos parceiros e para nossos clientes é uma satisfação enorme. Quando a Eneva chega num local e investe nele, ela valoriza a cultura e as tradições locais ao mesmo tempo em que busca gerar oportunidades.”

Todas as atividades compõem o programa de educação musical da Fundação Orquestra Sinfônica Brasileira, o Conexões Musicais, que utiliza a música e a educação como meios de transformação social. As ações em Aracaju e Barra dos Coqueiros contam com o patrocínio da Eneva, que conta com Hub Sergipe, uma usina com capacidade de geração de 1,6 GW e uma Unidade Flutuante de Armazenamento e Regaseificação de Gás Natural (FSRU) com capacidade de regaseificação de 21 MMm³. O Conexões Musicais existe desde 2017, tendo promovido atividades educacionais e culturais envolvendo cerca de 30 municípios brasileiros.

“É um prazer e uma alegria para nós levar o projeto Conexões Musicais da OSB pela primeira vez a Sergipe. O ensino e o contato com a música, principalmente na infância e na juventude, são de suma importância, pois atua diretamente no desenvolvimento cognitivo, motor, emocional e social, além disso, essas interações são essenciais para aprofundarmos o entrosamento, estimular trocas e intercâmbios de conhecimentos”, afirma Elber Ramos, Coordenador Educacional e Operacional da Orquestra Sinfônica Brasileira.

PROGRAMA

Quarteto de Cordas OSB:

WOLFGANG AMADEUS MOZART – Pequena Serenata Noturna
JOHANN SEBASTIAN BACH – Suíte nº 3

Aria

Gavotte I e II

HENRIQUE ALVES DE MESQUITA – Quebra quebra, minha gente (Arranjos de Paulo Aragão)
CHIQUINHA GONZAGA – Saudades (Arranjos de Paulo Aragão)

Brincadeira

JOÃO DO VALE E JOSÉ CÂNDIDO – Carcará

Orquestra Jovem do Sergipe:

Arranjos de Erik Sarmento
JOHANN SEBASTIAN BACH – Jesus Alegria dos Homens
ARCANGELO CORELLI – Concerto Grosso, op. 6, n. 8
JOHANN SEBASTIAN BACH – Ária da Suíte n. 3
JOHN FRANCIS WADE – Adeste Fideles
AUTOR DESCONHECIDO – Gloria in Excelsis Deo
EDSON BORGES – O Natal Existe
ASSIS VALENTE – Boas Festas
FRANZ GRUBER/JOSEPH MOHR – Noite Feliz

SERVIÇO:

Oficinas Maracabalde:

Dia 4/12, às 9h30 – Escola José Mota Macedo
Dia 4/12, às 14h – Escola Deoclides José Pereira

Dia 5/12, às 9h30 – Escola Prof. Maria Lígia Santos Moura

Dia 5/12, às 14h – Escola Marili de Moura Lima

Dia 6/12, às 9h30 – Escola Municipal Mário Trindade Cruz (Pirambu)

Dia 6/12, às 14h30, Escola João Cruz

Concertos didáticos:

Dia 5/12, às 10h e às 13h30 – Escola João Cruz

Concerto – Aracaju

Quarteto de Cordas da OSB + Orquestra Jovem de Sergipe

Data: 7 de dezembro, quinta

Horário: 19h30

Local: Teatro Tobias Barreto – Av. Pres. Tancredo Neves, 2209 – Inácio Barbosa, Aracaju

Grátis.

Concerto – Barra dos Coqueiros

Quarteto de Cordas da OSB + Orquestra Jovem de Sergipe

Data: 8 de dezembro, sexta

Horário: 19h

Local: EMEF João Cruz – Av. Moisés Gomes Pereira, 260, Barra dos Coqueiros

Grátis.

A ORQUESTRA SINFÔNICA BRASILEIRA

Fundada em 1940, a Orquestra Sinfônica Brasileira é reconhecida como um dos conjuntos sinfônicos mais importantes do país. Em seus 82 anos de trajetória ininterrupta, a OSB já realizou mais de cinco mil concertos e é reconhecida pelo pioneirismo de suas ações, tendo sido a primeira orquestra a realizar turnês pelo Brasil e exterior, apresentações ao ar livre e projetos de formação de plateia.

Composta atualmente por mais de 70 músicos brasileiros e estrangeiros, a OSB contempla uma programação regular de concertos, apresentações especiais e ações educativas, além de um amplo projeto de responsabilidade social e democratização de acesso à cultura.

Para viabilizar suas atividades, a Fundação conta com a Lei Federal de Incentivo à Cultura, tem o Instituto Cultural Vale como mantenedor, a Shell e a NTS – Nova Transportadora do Sudeste como patrocinadores master, Brookfield e Eletrobras Furnas como patrocinadores, Sergio Bermudes Advogados e SulAmérica como copatrocinadores, além de um conjunto de apoiadores culturais e institucionais.

A ORQUESTRA JOVEM DE SERGIPE

A Orquestra Jovem de Sergipe é um projeto social realizado pelo Instituto Banese e Governo de Sergipe, com o patrocínio da empresa Energisa, através da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério Da Cultura, com recurso de fomento do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente através do apoio cultural do Banese e do Banese Card, e com o apoio do Instituto Marcelo Déda e da Prefeitura Municipal de Aracaju. O projeto tem como principal objetivo proporcionar a 260 crianças e adolescentes, de 07 a 18 anos, dos bairros Santa Maria e 17 de Março, a iniciação e o aprimoramento musical por meio do estudo de instrumentos de cordas, sopros, percussão, canto coral e musicalização, promovendo um encontro com a música clássica e abrindo portas para a profissionalização, com aulas individuais e em grupo, além de ensaios.

A OJSE completará 10 anos em março de 2024, e tem no currículo apresentações com artistas renomados, como: Vanessa da Mata, Erasmo Carlos, Toquinho, João Ventura, Saulinho Ferreira e Orquestra Sinfônica de Sergipe. Além disso, a Orquestra já se apresentou em diferentes lugares na capital e no interior do Estado.

Sobre a Eneva

A Eneva é a maior operadora privada de gás natural onshore do Brasil e uma empresa integrada de energia, que atua da exploração e produção (E&P) do gás natural até o fornecimento de soluções de energia. A companhia possui ativos de E&P nos estados do Amazonas e Maranhão. Atualmente, opera 12 campos de gás natural nas Bacias do Parnaíba (MA) e Amazonas (AM), e detém quatro blocos exploratórios na Bacia do Paraná (MS), possuindo, ao todo, uma área total sob concessão superior a 63 mil km², a maior no Brasil.

Com um parque de geração com 6,3 GW de capacidade contratada em operação e construção, a Eneva produz energia segura e competitiva para o sistema elétrico brasileiro. Seus ativos de geração termelétrica já operacionais estão localizados nos estados do Maranhão (Complexo Parnaíba e Itaqui), Ceará (Pecém II e Termofortaleza), Sergipe (Hub Sergipe) e Roraima (Jaguatirica II) e os demais, ainda em fase de implementação, estão situados no Amazonas (Complexo de Azulão, com o projeto Azulão 950 MW) e no Maranhão (UTE Parnaíba VI e as plantas de liquefação de gás natural). Em renováveis, a Eneva iniciará em breve a operação comercial do Complexo Solar Futura, em Juazeiro, na Bahia – um dos maiores parques fotovoltaicos das Américas.

Pioneira por natureza, a Eneva desenvolveu um modelo de negócio inédito no Brasil: o Reservoir-to-Wire (R2W), que consiste na geração térmica integrada aos campos produtores de gás natural e o SSLNG (o Gás Natural Liquefeito em Pequena Escala) produzido e entregue a grandes clientes industriais por meio rodoviário, no modelo Reservoir-to-Client (R2C). Com isso, a companhia desempenha um papel importante na transição da matriz energética brasileira, oferecendo energia a partir de um combustível flexível, econômico e eficiente. Listada no Novo Mercado da B3 (Bolsa de Valores brasileira) desde 2007, a empresa integra o Ibovespa e o Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE), entre outros índices da Bolsa. A Eneva visa continuar crescendo de forma responsável, oferecendo soluções de energia confiáveis e acessíveis para a sociedade.

Fonte: Eneva

 

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais