Os Sungas: amigos em roda de sambão retornam a Aracaju

0

Componentes dos Sungas

Os Sungas tem na composição Linoy, Léo e Xacoalha, que prometem conquistar o coração dos sergipanos nesta sexta-feira, 11, quando se apresentam, à noite, na F1 Club. Eles revelam que a banda nasceu por acaso e hoje oferece ao público “um swing diferenciado e cheio de Axé”. A Banda assinou contrato com uma produtora, fazendo parte do casting de Banda do Tchan Produções, liderado pelo Empresário Cal Adan.

Nesta entrevista, o grupo resume o que reserva ao público sergipano.

Portal Infonet – Por que  retornar com  o projeto o “Sambão dos Sungas” para Aracaju?
Os Sungas
– Primeiramente, a chegada do projeto Sambão dos Sungas em Aracaju é fruto de uma grande parceria com nosso amigo Teo Santana juntamente com sua equipe e seus parceiros. E, devido à grande aceitação da primeira edição realizada no Subúrbia, resolvemos repetir a dose e caracterizar ainda mais o nosso projeto, unindo música de qualidade e coreografias, em um ambiente divertido, onde o público participa do show literalmente. E para isso, convidamos a "Troupe Dance", um grande grupo que dispensa comentários quando nos referimos a dança, coreografias e interação com o público. Dessa vez, o Sambão dos Sungas desembarca na F-1 prometendo muita música e diversão pra toda a galera de Aracaju.

Infonet –   A banda está trabalhando em algum novo trabalho (CD e/ou DVD)?
Os Sungas –
Estamos em estúdio gravando o mais novo CD de divulgação para o Verão 2011/2012, com um repertório repleto de músicas autorais novas, além de hits de outros artistas.Temos o objetivo de gravar um DVD antes do Carnaval mas, ainda estamos amadurecendo essa idéia e definindo data e local.

Infonet –      O que os fãs podem esperar para este show? Alguma novidade?
Os Sungas
– Os Fãs podem esperar um show bem dançante, pra cima e um repertório bem eclético para todo mundo cantar e dançar. Faremos um show especial, adiantando pra galera de Aracaju algumas músicas novas do próximo CD.

Internet –      Um dos diferenciais dos Sungas é a preocupação de cantar alguns “pagodes das antigas”. Por que esta preocupação?
Os Sungas –
Tivemos o prazer de vivenciar o começo de tudo e ver bem de perto Beto Jamica e Cumpadre Washington no Gera Samba, que depois virou É o Tchan, acontecendo e depois fazendo muito sucesso, depois Xanddy e a galera do Harmonia do Samba explodindo por todo o Brasil, entre outros grandes artistas e grupos que se revelaram numa época tão bacana, fazendo música com letras de qualidade e com coreografias pra todo mundo dançar.
Nos espelhamos nesses artistas até hoje e a nossa intenção é cantar os "pagodes das antigas" também, e fazer uma homenagem a essa época e a esses grandes idealizadores desse movimento.

Infonet –  O que eles acham do público sergipano?
Os Sungas
– Podemos perceber que o público sergipano é bem alegre, receptivo e participativo, tão quanto o público baiano.

Infonet –     Além de samba os Sungas também terão parceria no dia do show, a exemplo da banda Zé tramela (que canta forró) e do Cantor Beto Salles (Sertanejo). Por que esta mistura de sons?
Os Sungas
– A diversidade musical já é presente no Sambão dos Sungas realizado em Salvador todos domingos no Bali Beach Club, em Patamares. Acreditamos que o grande público atualmente se tornou mais eclético devido ao sucesso de outros ritmos, de artistas de variados segmentos e pela divulgação massiva destes, através da mídia e da internet. Portanto, entendemos que, para agradarmos a todos, temos que misturar isso tudo e levar para o nosso público, música de qualidade, música para todos os gostos, receber com muito prazer esses grandes artistas em nosso projeto e fazer todo mundo dançar e se divertir.

Comentários