Pagodart: a alegria e simplicidade da banda baiana

0

O Portal InfoNet conversou em primeira mão com a banda Pagodart, uma das que mais fazem sucesso no Estado. Atração do bloco Meu e Seu desta segunda noite de Pré-Caju, a banda promete contagiar os foliões com músicas já conhecidas. Formada há quase seis anos, a banda de Salvador/BA, já sente o sucesso reconhecido em todo Brasil. O bloco está marcado para começar a desfilar na avenida a partir das 23h30, mas antes, veja o que o vocalista Flávio Lima e o pandeirista e backvocal Jackson Santana falaram ao Portal InfoNet.

 

PORTAL INFONET – Como surgiu a banda?

JACKSON SANTANA – Surgiu através da difusão de outra banda chamada Parangolé. Da primeira formação somente continua na banda eu e o baixista. O restante dos integrantes são novos. Faremos aniversário de seis anos no dia 16 de abril.

 

 

INFONET- O que significa UISMINOFAY? Esta pergunta não poderia faltar.

FLÁVIO LIMA – (Risos). Esse é mundo UISMINOFAY, mas nem nós sabemos direito o que significa. Tudo surgiu de uma brincadeira, mas nós estamos pretendendo inventar alguma coisa porque não há explicações, porém, todos perguntam.

 

 

INFONET – Essa música é uma das mais esperadas neste Pré-Caju. Como vocês avaliam tanto sucesso?

FL – Estamos pela primeira vez no Pré-Caju, mas sabemos e acreditamos no carinho que a galera de Aracaju e Sergipe sentem pela Pagodart. Esta música reafirma nossa certeza de que todos nos receberão e nos recebem nos shows sempre de braços abertos. É muita alegria. Queremos sempre trabalhar para fazer o que o público gosta e o que a gente sabe fazer.

 

 

INFONET – Mas vocês já conheciam o Pré-Caju?

FL – O Pré-Caju é comentado no Brasil inteiro e muitas pessoas procuram saber sobre a festa. Os artistas de Salvador sempre falam do Pré-Caju. Gostaria de parabenizar a organização deste evento maravilhoso.

 

 

INFONET – Porque o nome Pagodart?

JS – A arte de fazer pagode e a arte de pagodear soma Pagodart.

 

 

INFONET – Quando vocês compõem suas músicas, o que tentam sempre passar?

JS – Alegria. Existe muita violência e fome em todos os lugares. Então no momento em que as pessoas estão se divertindo ou dançando, elas estão à vontade. Montamos um trabalho para o povo ficar alegre e esquecer os problemas. Inclusive nosso repertório para hoje está massa, maravilhoso. O pessoal irá gostar.

 

 

INFONET – Como vocês avaliam a receptividade do povo sergipano com a banda Pagodart?

JS – O povo sergipano é muito agradável e bom. Já viemos aqui várias vezes e gostamos muito. Todas as vezes que somos convidados, vimos com muita satisfação. Gostamos muito de estar aqui.

 

 

INFONET – Qual o recado que vocês deixam para o público que irá prestigiar vocês logo mais?

FL – Olha, peço que todos cheguem cedinho com calma e na paz, para curtir nosso bloco que ontem iniciou com o Harmonia do Samba e hoje fecha com Pagodart. E, peço a Deus que ano que vem tudo se repita. Então, o bloco Meu e Seu, é nosso. Além disso, gostaria de agradecer o carinho.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais