Petrobras anuncia R$ 250 milhões para projetos culturais no Brasil

Em 2024 serão investidos pela companhia R$ 250 milhões em projetos culturais de todas as regiões do país (Fotos de Rafael Pereira/Agência Petrobras)

A Petrobras anunciou na última sexta-feira, 23, durante coletiva à imprensa no Museu da Arte Moderna no Rio de Janeiro, o maior investimento da história da estatal na cultura brasileira. Em 2024 serão investidos pela companhia R$ 250 milhões em projetos culturais de todas as regiões do país, através da nova edição da Seleção Pública Petrobras Cultural. Este ano o edital apresenta novos eixos de atuação, com destaque para ações que promovem a diversidade e inclusão, e fomento da economia criativa.

A nova Seleção Pública Cultural foi lançada pelos presidentes da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e da Petrobras, Jean Paul Prates, e pela ministra da Cultura, Margareth Menezes. O programa foi reformulado e traz quatro eixos, são eles: “Produção e Distribuição”, “Ícones de Cultura Brasileira”, “Cinema e Cultura Digital” e “Festivais e Festas Populares”.

Jean Paul, presidente da Petrobras (Foto: Foto de Rafael Pereira/Agência Petrobras)

O presidente Lula destacou a importância de a Petrobras retomar os investimentos na cultura brasileira. “Fico muito gratificado em ver que a Petrobras não voltou apenas a produzir e refinar mais petróleo, não investe apenas em energia elétrica e eólica, a Petrobras voltou a investir em uma energia que é possivelmente revolucionária, uma energia formadora de consciência política da sociedade brasileira, ela voltou a investir em cultura. Esse é um dado extraordinário”, ressalta.

De acordo com os números apresentados pela Petrobras, entre os anos 2022 e 2024 houve um incremento de mais de R$ 400 milhões no setor cultural do país, por parte da estatal. Em 2022 a companhia investiu R$ 27 milhões, saltando para R$ 150 milhões no último ano e mais R$ 250 milhões que serão destinados ao setor em 2024.

A Seleção Pública, que este ano vem com o propósito de promover a diversidade e a participação de integrantes de grupos historicamente sub-representados, distribuirá para cada região pelo menos 15% do valor total da Seleção, garantindo uma distribuição mais efetiva dos projetos selecionados.

“Tragam para nós projetos que valorizem pessoas negras, povos indígenas, comunidades tradicionais, comunidades quilombolas, povos de terreiros, população nômades, povos ciganos, pessoas LGBTQIAPN+, mulheres, pessoas com deficiência, integrantes de grupos em situação de vulnerabilidade, refletindo toda a diversidade do nosso povo, porque nossa energia é para todos, todas e todes”, destaca o presidente da Petrobras, Jean Paul Prates.

A atriz Leandra Leal participou do lançamento do Programa e falou da importância do setor cultural e criativo para o desenvolvimento econômico e social do país. “A cultura e a criatividade merecem atenção como qualquer outro setor econômico, mas nós não somos um setor qualquer. Além de produzir criatividade e arte, nós do setor da cultura e da economia criativa contribuímos com a geração de emprego e renda do nosso país, representando 3,11% do PIB, sendo responsáveis por mais de 7,4 milhões de empregos. Através do lançamento desse edital, a Petrobras está dando um exemplo para todo país, e espero que essa atitude leve a uma maior valorização da economia criativa, para que a cultura e a criatividade estejam no eixo central do desenvolvimento econômico, social e sustentável do nosso país”, enfatiza.

Inscrições

As inscrições para participar da Seleção Petrobras Cultural já estão abertas e podem ser realizadas até o dia 8 de abril. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas exclusivamente na plataforma digital petrobras.com.br/cultural/selecoes-publicas-culturais.

Como este ano uma das vertentes do Programa é promover a economia criativa, ou seja, buscar iniciativas que impulsionem o crescimento econômico, a inovação, o desenvolvimento social e a diversidade cultural, promovendo uma conexão entre cultura, tecnologia, empreendedorismo e sustentabilidade, os projetos inscritos são obrigados a apresentar ações que contribuam para a economia criativa.

Podem se inscrever, apresentando seus projetos, pessoas jurídicas com CNPJ válido, de natureza cultural com ou sem fins lucrativos. Para este processo seletivo não serão aceitas inscrições de pessoa física, Microempreendedor Individual (MEI) e Empresa Individual (EI). A realização dos projetos deve ser proposta com início entre 21 de agosto de 2024 e 20 de agosto de 2025, tendo duração máxima de doze meses.

por Verlane Estácio, do Rio de Janeiro

Portal Infonet no WhatsApp
Receba no celular notícias de Sergipe
Clique no link abaixo, ou escanei o QRCODE, para ter acessos a variados conteúdos.
https://whatsapp.com/channel/0029Va6S7EtDJ6H43FcFzQ0B

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais