PL reconhece ‘Unidos Em Asa Branca’ como utilidade pública de SE

0
PL foi aprovado na Alese (Foto: Assessoria)

O Projeto de Lei que reconhece a Associação Cultural Artes Cênicas Unidos em Asa Branca como entidade de Utilidade Pública Estadual foi aprovado hoje, 17, na Assembleia Legislativa de Sergipe. A propositura é de autoria da deputada estadual Diná Almeida.

Com 40 anos de história, a Unidos em Asa Branca é famosa não só em Sergipe, mas em todo Brasil, por levar aos palcos a tradição e a beleza das quadrilhas juninas caipiras, preservando suas características clássicas, mas sem deixar de acompanhar a modernidade, com apresentações com coreografias próprias e exclusivas para determinadas músicas, passos ensaiados, apresentação de personagens e até mesmo atuação teatral.

Para Marcos Borges, presidente da Unidos em Asa Branca, ver a Associação ser reconhecida como Utilidade Pública Estadual é motivo de grande alegria: “Para nós que a 40 anos lutamos em defesa da Cultura Sergipana, por meio das Quadrilhas Juninas do estado é algo indescritível. É ver que as dificuldades e todas as batalhas enfrentadas em favor da manutenção de uma das mais tradicionais manifestações culturais sergipanas, valeram a pena. O sentimento é de gratidão a deputada estadual Diná Almeida e a todos os seus pares, que de forma unânime nos concedem esse reconhecimento”.

Autora da propositura, a deputada estadual Diná Almeida destaca a importância do reconhecimento da Utilidade Pública para a Associação: “Com o reconhecimento a Unidos em Asa Branca, que tanto faz pela cultura do nosso Estado, poderá seguir com seus projetos culturais agora com mais segurança, levando o nome de Sergipe para os quatro cantos do país”.

Para se tornar lei, o PL aprovado segue agora para a mesa do governador Belivaldo Chagas, que deve sancioná-lo em breve.

Fonte: Assessoria

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais