PMA e UFS criam a Orquestra Sinfônica Jovem de Aracaju

0
(Foto: Lízia Martins/ Ascom/Prefeitura municipal de Aracaju)

Dando mais um passo a caminho da modernização e qualificação do ensino público em Aracaju, o prefeito Edvaldo Nogueira assinou na manhã desta sexta-feira, 23, convênio entre a Prefeitura Municipal e Universidade Federal de Sergipe (UFS). O objetivo é a execução do projeto que cria a Orquestra Sinfônica Jovem de Aracaju, que será formada por alunos que integram a rede municipal.

As atividades já começam no mês de abril. Serão oferecidas, inicialmente, 300 vagas para estudantes a partir dos oito anos de idade que irão frequentar aulas de música e de prática de instrumento, gratuitamente. O projeto é fruto de uma parceria entre a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), e o Centro de Cultura e Arte (Cultart), vinculado à Pró-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários da UFS.

“Para ser completa, a educação precisa cruzar os muros do conteúdo formal e avançar, oferecendo um leque amplo de oportunidades às nossas crianças e adolescentes. Queremos, com esse projeto, despertar em nossos jovens o gosto pela arte e pela música”, destacou o prefeito apostando que, dentro em breve, o projeto dará frutos, revelando grandes talentos da música clássica do município de Aracaju.

O secretário Municipal de Educação, Antônio Bitencourt Júnior, disse ter sido contagiado pela vontade e entusiasmo com que o maestro Ion Bressan e o professor Rui Belém lhe apresentaram o projeto há aproximadamente um ano.

“Além da dimensão social e educativa que consistentemente o projeto apresenta, o brilho nos olhos, a alegria e o amor com que o maestro Ion apresentou o projeto nos faz acreditar que ele não poderia dar errado”, destacou.
Se dirigindo aos estudantes de escolas municipais, Bitencourt enfatizou que o convênio é mais uma das ferramentas utilizadas pela atual gestão para fazer com que os alunos da rede municipal tenham a oportunidade de ir além dos limites convencionais da educação.

“Esse é um grande gesto em favor da transformação da vida de todos vocês para melhor. Queremos que vocês aprendam mais, sejam cidadãos melhores, dêem cada vez mais orgulho aos seus professores e que os seus pais olhem para vocês e digam que valeu a pena todo o esforço e a dedicação”, afirmou o secretário.

Marco

Para o maestro Ion Bressan, coordenador das atividades, o projeto será um grande marco na história da cidade de Aracaju. “Esse é um sonho de uma grande equipe que se esforçou muito para a concretização desse momento. Iremos trabalhar para que, através da música, possamos melhorar a vida dos jovens da nossa comunidade”, pontuou Bressan.
Também presente à solenidade de assinatura, o reitor da UFS, Josué Modesto Passos Subrinho, parabenizou a celebração do convênio. “Este é um momento de vitória para a sociedade aracajuana que assistirá, em breve, o despertar de grandes talentos da música em nossa cidade”.

Emoção

Após a solenidade de assinatura, parte dos integrantes da Orquestra Vale do Cotinguiba, composta por jovens do município de Nossa Senhora do Socorro e criada graças a um convênio firmado entre a Escurial Revestimentos Cerâmicos e UFS, apresentaram as peças ‘Obvilion’, ‘Dança nordestina’ e ‘Piratas do Caribe’, encantado a todos os presentes no auditório.

“Aqui está uma pequena parte da orquestra que foi formada há apenas dois anos e meio, e temos o orgulho de dizer que dois dos seus integrantes fazem parte também da orquestra Sinfônica de Sergipe”, informou Ion.

Fonte: Ascom/Prefeitura Municipal de Aracaju

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais