“Ponto de Encontro do Proler” está sendo realizado hoje

0

Nesta quarta-feira, 3, a partir das 8h, acontece na Biblioteca Pública Epifânio Dória, mais uma edição do ‘Ponto de Encontro do Proler'. Com a temática ‘Cultura Popular', o evento é uma iniciativa do Comitê Sergipano do Proler, parceiro das políticas de incentivo à leitura da Fundação Biblioteca Nacional (MinC) desde a década de 1990. O comitê, em Sergipe, está sob a coordenação da Biblioteca Pública Epifânio Dória e conta com o apoio de vários parceiros, entre eles, a Secretaria Municipal da Educação (Semed).

Orientações sobre como dar visibilidade às manifestações artístico-culturais populares e como aproveitar os recursos midiáticos para a preservação das tradições e identidades culturais serão questões centrais nos debates. A abertura de espaços e oportunidades para a discussão sobre a produção, consumo e preservação dos bens culturais também fará parte do evento.

Para dar início às atividades do ‘Ponto de Encontro do Proler' haverá a exposição de xilogravura pelo Projeto ‘Gravuras do Inverno', produzida pelo curador Elias Santos. Logo após, o jornalista e diretor do Instituto Tobias Barreto, Luiz Antônio Barreto, ministrará a palestra ‘Cultura Popular e a Sociedade Midiática', seguida de um debate entre os participantes. Durante a tarde, ocorrerá a palestra ‘O cordel em sala de aula', que será ministrada por Gilmar Ferreira e terá a participação dos cordelistas, Gigi, Zezé de Boquim, Ronaldo Dória e poeta Tarcísio Ramos. Encerrando o encontro, haverá lançamento de cordel.

Encontro Estadual

Professores da rede municipal marcaram presença no ‘XIII Encontro Estadual do Proler', realizado em 2010, cujo eixo central da discussão foi ‘Proler e as Políticas Públicas: caminhos da cidadania'. O objetivo foi promover o intercâmbio de informações entre professores, bibliotecários, estudantes e outros profissionais envolvidos com a leitura, a fim de que seja feita uma reflexão sobre o hábito e o prazer de ler em diversos segmentos sociais, sobretudo no ambiente escolar.

A técnica pedagógica da Secretaria Municipal da Educação (Semed), Maruze Reis, ministrou durante os três dias de evento o minicurso ‘Práticas Leitoras: diversidade cultural e formação do público leitor'. Segundo a técnica, a intenção foi levar ao público presente práticas que direcionam os mediadores da leitura a conquistarem seus leitores. Para isso, ela utilizou diversas ferramentas, como curtas-metragens, músicas, poesias e crônicas.

Proler
Estabelecido em 13 de maio de 1992 pelo Decreto nº. 519, e vinculado à Fundação Biblioteca Nacional (FBN), o Proler foi instalado na Casa da Leitura, no Rio de Janeiro, com o compromisso de promover ações de valorização da leitura, criando parcerias com comitês que promovem a leitura espalhados pelo país. O Proler estabelece com estes comitês, constituídos por pessoas dedicadas à causa da literatura, uma relação horizontal de parceria e aprendizado mútuo.

Em Sergipe, o Comitê do Proler foi fundado em 1996, e tem propiciado nesses 14 anos, diversos cursos e palestras para inúmeros estantes e educadores, tornando-os cada vez mais conscientes e capazes.

O XIII Proler teve início com uma palestra proferida pela especialista em leitura Simone Monteiro de Araújo, representante do Proler Nacional/Fundação Biblioteca Nacional. Ao final do encontro os participantes com no mínimo 75% de frequência receberam um certificado de 24 horas.

Fonte: AAN

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais