Por que Mastruz é Mastruz?

0

Criada por Emanuel Gurgel, a banda Mastruz com Leite é considerada a precursora do chamado forró eletrônico, ou forró progressivo, como muitos costumam se referir. O nome é originado do antigo time de handebol do qual participava Emanuel. O forró eletrônico, diferencia-se do chamado tradicional por aliar instrumentos como: a guitarra, o teclado e sintetizadores ao triângulo, a sanfona e a zabumba. A força da banda foi tão grande, que o concurso para a vocalista Kátia Cilene acabou sendo divulgado pela rede TVE. Logo depois, foram escolhidos os outros componentes do grupo, desta vez com a ajuda de outra rede de TV. Hoje, a composição dos vocalistas é formada por Kátia Cilene, Beth Nascimento, João Filho, Juarez Júnior e Ana Amélia. Para os vocalistas, não apenas a Mastruz com Leite, como as atuais bandas de forró eletrônico tocam o que o povo quer ouvir. O ritmo ainda é extremamente criticado por uns e aclamado por outros, mas para Juarez Júnior, por exemplo se um grupo consegue vender milhões de CD’s, essa é a prova de que um determinado ritmo veio para ficar. Kátia discorda que o forró atual tomou um rumo diferente do inicial. Para ela, houve uma série de inovações, mas o forró eletrônico continua a ser forró eletrônico. “Eu acho que alguns ritmos foram sendo incorporados e cada banda tem sua variação, como o vaneirão, o romântico, o sertanejo etc”, conta à vocalista. E forró eletrônico é forró? Beth diz que sim. “O próprio nome já diz, forró eletrônico. E quanto às críticas? Para ela, críticas sempre existirão. Um pouco mais calados, porém mui educados, João e Ana concordam que haja o que houver, o forró eletrônico veio para ficar. Porque Mastruz é Mastruz! Por Wilame Lima

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais