Portal Infonet recebe o prêmio ‘Peneirou Xerém’

0

Viviane Nogueira recebe homenagem
Na tarde desta terça-feira, 24, o Portal Infonet recebeu o Prêmio ‘Peneirou Xerém – Melhores de 2009’. A homenagem do grupo de senhoras, que dissemina a cultura do sertão e contribui para manter acesa a chama das tradições sergipanas, foi concedido em reconhecimento ao apoio dado pelo Portal durante os festejos juninos deste ano. A premiação faz parte das comemorações de 20 anos do grupo Peneirou Xerém.

Segundo a editora do Portal Infonet, Raquel Almeida, é com muita satisfação que a equipe recebe a homenagem do grupo folclórico. “Sempre preocupado com a divulgação da cultura local, o Portal Infonet não poderia deixar de mostrar o lindo trabalho do Peneirou Xerém. Estamos gratos e honrados com mais esta homenagem”, declara Raquel Almeida.

Grupo completa 20 anos de existência
Para a gerente de negócios da Infonet, Viviane Nogueira, a cobertura que o Portal realiza durante os festejos juninos é pioneira e prêmios como o Peneirou Xerém estimulam e possibilitam a continuidade desse trabalho. “O Portal Infonet desenvolve um trabalho pioneiro na cobertura dos festejos juninos, pois é do nosso entendimento que promover a cultura do Estado é muito importante. Este tipo de reconhecimento nos deixa orgulhosos e ainda mais estimulados para repetir a dose no ano seguinte”, afirma Viviane.

O grupo

Dona Josefa foi uma das idealizadoras do grupo
Idealizado por Dona Josefa, neste ano o grupo Peneirou Xerém completou exatos 20 anos de existência. E se no início era composto por apenas seis senhoras do bairro Castelo Branco, hoje o grupo conta com a participação de 40 integrantes, com idade entre 44 e 84 anos. Mesmo com todas as dificuldades encontradas, o Peneirou Xerém permanece firme no propósito de “engrossar o caldo da cultura sergipana”.

“Essas senhoras são exemplos de vida para todos os jovens. Muitas delas já não têm mais condições físicas de dançar, mas fazem questão de participar das coreografias pois têm o espírito jovem. Que elas sirvam de estímulo para aqueles que acham que têm problemas, pois, apesar das dificuldades, essas senhoras estão firmes e fortes mantendo acesa uma tradição de 20 anos”, destaca o coreógrafo do grupo, Marcos Roberto.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais