Projeto ambiental divulga ações na Feira de Sergipe

0

Frutos da Floresta divulga ações e produtos de comunidades (Foto: divulgação

Quem visita os estandes dos Frutos da Floresta tem oportunidade de conhecer um pouco das matas de Sergipe, o que as árvores tem de bom. E é a utilização sustentável dessas árvores nativas um dos principais pontos disseminados nas comunidades onde o projeto desenvolve suas ações.   

Frutos da Floresta é um dos projetos patrocinados pelo Programa Petrobras Ambiental e tem como parceiros o Sebrae e a Codevasf.  Ele desenvolve ações ecologicamente corretas direcionadas para a apicultura, sistemas agro ecológicos, coletas de sementes florestais nativas, pastos agro ecológicos, preservação e recuperação de matas nativas, além do trabalho de conscientização sobre a importância da preservação das florestas.

No estande, além da parte didática, os visitantes podem adquirir produtos das comunidades assistidas pelo Projeto, como mel do sertão, doces de umbu, mamão, goiaba, jenipapo, licores de pitanga, umbu cajá e jenipapo, além de pimentas biquinho em conservas.

Outro ponto interessante são as sementes de espécies nativas da caatinga e mata atlântica que estão sendo expostas, de arvores como o angico manjolo, angico vermelho, umbu cajá, ipê roxo e amarelo, braúna, craideira, munlungu, pau ferro, mal vizinho e jatobá.      

Segundo o engenheiro florestal Ronaldo Fernandes, coordenador técnico do projeto, a proposta é mostrar na Feira de Sergipe que a floresta em pé pode gerar recursos e renda para os empreendedores rurais. “É possível ter gado em floresta, milho em floresta, e a floresta irá gerar novos produtos que poderão ser comercializados nas entre safras”, destaca Ronaldo.

Frutos da Floresta

A proposta é desenvolver ações e práticas de conservação, proteção e manejo nos principais ecossistemas de Sergipe, buscando formar uma cultura de conservação e uso sustentável que possam ser multiplicadas respeitando a realidade regional do meio rural. O projeto tem como meta beneficiar 600 famílias sergipanas de dez municípios e plantar 100 mil mudas de árvores nativas.

Fonte: Assessoria de comunicação

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais