Projeto da InfoNet promove resgate da tradição junina

0

O projeto da cobertura dos festejos juninos, realizado pela InfoNet, vai além da transmissão de notícias sobre os eventos que acontecem no Estado durante este período. Prova disso foi o concurso de quadrilhas juninas escolares realizado, na tarde de hoje, no Shopping Riomar. O evento contou com a participação de grupos dos colégios Purificação e CCPA. A iniciativa também contou com o apoio da TV Caju, Shopping Riomar e Liga das Quadrilhas Juninas do Estado de Sergipe – Liquajuse. Para a gerente de Negócios da InfoNet, Ana Paula Vasconcelos, a idéia central do concurso é promover o fortalecimento da cultura nordestina entre as novas gerações. “A InfoNet tem o perfil de apoiar a cultura sergipana em todos os seus aspectos, através desse projeto quisemos criar um incentivo para que as escolas e os estudantes tenham, cada vez mais, contato com as tradições locais”, definiu. Durante a apresentação, um grande número de pessoas se aglomeraram para ver as coreografias, que transmitiram humor e autenticidade. A quadrilha “Fogo na Saia”, do Colégio Purificação, se apresentou com 24 componentes e uma indumentária tipicamente caipira. Segundo o professor Acácio Nascimento, marcador da quadrilha, o grupo foi formado com intuito de ser uma diversão educativa. “Os meninos se envolveram no projeto de forma recreativa, mas além da brincadeira eles percebem a importância desse tipo de manifestação”, informou. O Colégio CCPA, com a sua “Quadrilha Chapéu de Palha”, treinada pelo marcador Tal Matos, foi o campeão da competição. O surpreendente é que o grupo ensaiou a coreografia em apenas duas semanas. “O grupo é formado por 32 membros, da turma do 2º ano do Ensino Médio, que se dedicou realmente aos ensaios. Resultado: eles foram os campeões do concurso realizado pela escola, que contou com seis quadrilhas e, agora, também levaram este concurso”, comemorou. O júri do concurso foi formado por Sônia Pedrosa, diretora de Jornalismo da TV Caju, Ana Paula Vasconcelos, gerente de Negócios da InfoNet, Mário Sérgio Santos, membro da Liquajuse e Arisvaldo Primo – o Chiquinho – marcardor da quadrilha Maracangaia. Para todos eles, a iniciativa é uma forma de fortalecer e avivar a tradição junina. “Onde tem cultura sergipana a TV Caju está dando o seu apoio”, reforçou Sônia. Os membros da Liga também destacam a importância do concurso. “É muito bom ver jovens tendo contato com a tradição das quadrilhas. Isto tem mais relevância quando se percebe que o número de quadrilhas mirins (com membros com idade até 15 anos) tem decaído. Hoje existem apenas seis, enquanto até poucos anos atrás existiam mais de 25”, revela Santos. Os coordenadores pedagógicos do CCPA, Genisson Alves e Marcos Barreto, também elogiaram a iniciativa. “O CCPA vem realizando, há quatro anos, um concurso interno de quadrilhas. A oportunidade de integrar este projeto da escola com esta iniciativa da InfoNet, e de seus parceiros, nos deixa satisfeitos pois reforça a necessidade da manutenção das tradições culturais do nosso Estado. Além disso, dá visibilidade e, quem sabe, inspira outras escolas a ter iniciativas como estas”, destaca Alves.

Comentários