Projeto entrega 6 mil kits de livros a crianças sergipanas

0

A leitura é parte fundamental para a formação educacional de nossas crianças e o cultivo desse hábito, desde cedo, proporciona uma vida repleta de oportunidades e, porque não dizer, de aventuras. É através da leitura que se forma cidadãos críticos e seletivos em busca de um melhor aprendizado sócio-cultural. Quem lê descobre a magia da aventura nos mais diferentes mundos e viaja em todos eles com a própria imaginação.

Acreditando que é possível diminuir a desigualdade e difundir valores humanos a partir da leitura, a Editora Paulus, desde 2006, vem desenvolvendo, nas capitais brasileiras, o Projeto Leitura para a Cidadania – modalidade Livro Vivo, que distribui gratuitamente kit´s de livros infantis a estudantes do ensino fundamental na faixa etária de 06 a 10 anos de escolas públicas da periferia.

Em Sergipe desde 2008 o referido projeto vem sendo desenvolvido nas Bibliotecas Públicas Epifânio Dória e Infantil Aglaé Fontes, graças à parceria da Editora Paulus com a  Secretaria de Estado da Cultura. Este ano o evento acontecerá no período de 6 a 8 de outubro e beneficiará 6 mil crianças. Cada uma receberá um Kit com seis obras literárias: Chapeuzinho Vermelho e Rapunzel; meus primeiros contos – Machado de Assis e Artur de Azevedo; brincando com Parlendas; Traquinagem de João Grilo – Cordel; Brincando com Trava-línguas e Fernando Pessoa para Crianças. A distribuição acontecerá de forma lúdica e prazerosa: contação de histórias com personagens infantis; visitação às dependências das bibliotecas; além de um delicioso lanche, fruto do apoio das empresas Maratá, GBarbosa e Mabel.

O evento será aberto oficialmente pela Banda de Música do 28º Batalhão de Caçadores, no dia 06 de outubro, às 9h, na Biblioteca Pública Epifânio Dória.

O projeto conta também com o apoio das Secretarias Estadual e Municipais de Educação, na mobilização e participação das escolas. A cada ano, procura beneficiar alunos de diferentes escolas, a fim de atingir cada vez mais um maior número de estudantes. Além da distribuição de livros, o projeto capacita os professores para que os mesmos possam trabalhar as leituras em sala de aula de forma lúdica e prazerosa, formando cidadãos críticos e criativos.

Fonte: Ascom/Secult

Comentários