“Projeto Repertório” encerra temporada de espetáculos

0

“Antígona”: apresentação tem ingressos a R$ 14 e R$ 7 (Foto: Divulgação)
O “Projeto Repertório”, da Cia de teatro Stultífera Navis, encerra primeira etapa de trabalho com a última apresentação de ‘Cabaret dos Insensatos’, ‘Antígona’ e ‘Entre Quatro Paredes’, que acontece no próximo fim de semana, sábado e domingo, dias 27 e 28, na Sala Sergipana de Espetáculos, que fica na Casa Rua da Cultura. Ao longo de quatro meses de temporada, mais de mil pessoas ocuparam a platéia da Sala Sergipana de Espetáculos. Quem ainda não foi assistir à apresentação não pode perder esta oportunidade. 

O diretor da Stultífera Navis, Lindemberg Monteiro, diz que as três encenações, em cartaz desde agosto, possibilitam essa experiência. “Ter temporadas de teatro em Aracaju já é um grande ganho. Estamos trabalhando com textos que provocam de maneira profunda, e Aracaju é uma cidade que precisa e deseja ser provocada”, aposta.

‘Cabaret dos Insensatos’ é uma adaptação dos textos e poemas de Bertold Brecht e Jean Genet – uma produção sobre a temática erótica que ainda é pouco conhecida entre seus trabalhos. A última apresentação da temporada acontece no sábado, 27, às 19h. Os ingressos são vendidos na Casa Rua da Cultura, a inteira custa R$ 10 e a meia-entrada, R$ 5. 

“Entre Quatro Paredes” terá última apresentação no domingo, 28
Também aos sábados, às 21h, a Stultífera Navis apresenta a peça ‘Antígona’, de Sófocles, a produção mais ousada da compania de teatro, que atualiza e nos aproxima do mito grego tomando como referência a mitologia africana. Na montagem da tragédia grega alguns temas discutidos desde a antiguidade vêm à tona para uma reflexão atual. Entre eles, a mulher enquanto indivíduo político, intolerância religiosa, pluralidade de crenças, e a relação entre estado e cidadão. Os ingressos para a peça custam R$ 14, inteira, e R$ 7, a meia-entrada.

No domingo, 28, às 19h, a companhia de teatro sergipana apresenta ‘Entre Quatro Paredes’, peça baseada no texto do filósofo existencialista francês Jean Paul Sartre, que discute as relações humanas. O preço do ingresso é R$ 10 a inteira e R$ 5 a meia-entrada. 

Espetáculos serão encenados na Casa Rua da Cultura (Foto: Funcaju)
Fruto do Teatro

A conclusão da primeira temporada do projeto Repertório concretiza uma importante fase do plano de expansão e semeadura do teatro em Sergipe. Os 10 anos de existência e atuação da Companhia Stultífera Navis foram cruciais para a formação da nova cena do teatro em Aracaju. Lindemberg Monteiro visualiza uma expansão das artes cênicas cada vez maior através das oficinas de ator e circo, oferecidas pelo projeto ‘Acesso’, e apresentações teatrais com preços promocionais em todos os fins de semana, viabilizadas pelo Projeto Repertório.

“Promovemos e instigamos o contato com a arte através de projetos como a Rua da Cultura, o projeto Acesso ou o projeto Repertórios. Pelos 10 anos de história da companhia de teatro, o resultado não poderia ser diferente”, avalia o diretor. 

A conclusão da temporada de teatro é a oportunidade de discutir o cenário atual do teatro em Sergipe.

Comentários