Projeto social patrocinado pela Petrobras lança CD Canto das Mangabeiras em Aracaju

0

A mangabeira é uma árvore típica do norte e nordeste. Ao anoitecer sua flor perfuma os campos, de dia seus pés dão sombra e alimento. A fruta doce também gera renda para as mulheres que há décadas vivem da sua venda e de produtos derivados, como o suco, a geléia, o licor de mangaba, entre outros. O mais novo produto desta cultura – o CD Canto das Mangabeiras – nasceu da observação de costume típico das mulheres sergipanas: a cantoria durante a cata da mangaba.

O lançamento do CD, que será realizado na próxima quarta (21/9), em Aracaju, é uma das ações do projeto Catadoras de Mangaba: gerando renda e tecendo vida em Sergipe, que integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. Produzido pela Associação das Catadoras de Mangaba e Indiaroba (ASCAMAI), o CD divulga a cultura das comunidades tradicionais e reaviva a memória musical passada de geração para geração no Sergipe.

O show com as 13 cantoras mangabeiras terá a participação especial da cantora e compositora Patrícia Polayne, conhecida por pesquisar e valorizar em seu trabalho os ritmos da região. No total, foram 90 horas de gravação em um mês de trabalho. No repertório, sambas de coco, baião, forró e marchas contam a lida destas mulheres no seu dia a dia. As canções trazem o registro da esperança de uma vida melhor, o resgate da origem da fruta, da cultura, seus lamentos e alegrias. Sem fins lucrativos, a reprodução, execução pública ou em radiodifusão das músicas do Canto das Mangabeiras é de domínio público.

“Vamos catar mangaba, vamos encapotar
No galho da mangabeira onde vou me balançar
Vendo o fogo queimando, nada podemos fazer
Vendo a fruta se perdendo, donde tira o que comer”
(marcha Canto das Mangabeiras)

“A mangaba é indiana, o índio lhe batizou,
O seu nome de mangaba foi ele quem colocou.
Vamos seguir para frente, vamos juntas catadeiras,
conversar com a presidente”.
(samba de coco Mangabeira)

Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania

O projeto Catadoras de Mangaba, gerando Renda e tecendo vida em Sergipe integra o Programa Petrobras Desenvolvimento & Cidadania. O projeto, que atende a 1.357 famílias que vivem da cata da fruta nativa nos municípios de Barra dos Coqueiros, Estância, Indiaroba, Itaporanga d`Ajuda, Japaratuba, Japoatã, Pirambu, no Sergipe, contribui para o fortalecimento e a sustentabilidade das comunidades extrativistas da região.

Fonte: Ascom Petrobras

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais