Quadrilhas juninas já estão prontas

0

Célio Torres, presidente da Liquajuse
Quadrilheiros e o Governo do Estado torcem por um acordo que garanta a participação das quadrilhas juninas no São João 2005. Célio Torres, presidente da Liga de Quadrilhas Juninas do Estado de Sergipe (Liquajuse), disse ao Portal InfoNet que “todas as quadrilhas já estão prontas, mas falta verba para cessar dívidas e por isso, ainda não começaram as apresentações na Vila Chapéu de Couro.” O presidente da Liquajuse disse que “a principal necessidades das equipes é dinheiro para pagar os trios pé-de-serra que acompanham os grupos”. 

A Liga solicitou R$ 95 mil para ser distribuídos entre as 54 quadrilhas. O valor destinado para aquelas que pertencem ao grupo especial é de R$ 3 mil. Já as quadrilhas do primeiro grupo receberiam R$ 2 mil. Tanto para as equipes do segundo grupo, como para as quadrilhas mirins a quantia pedida é de R$ 1 mil.

À frente da Liquajuse, há 8 anos, Célio disse que a decisão de aguardar pela proposta dos governos municipal e estadual foi tomada em assembléia pelos diretores das quadrilhas. “Isso não é um afronte ao governo. Queremos negociar com o governo o mais rápido possível. Confiamos na política cultural adotada por ele”, enfatizou Célio.

O secretário de Turismo, Pedrinho Valadares, afirmou ao Portal InfoNet que “o governador tem uma preocupação muito grande com a cultura, mas que nem tudo pode depender do governo”. Enquanto quadrilheiros e o Governo do Estado buscam a melhor solução para o problema, o público aguarda ansioso pelas apresentações das quadrilhas juninas na Vila Chapéu de Couro e em outros pontos turísticos da capital sergipana.

Por Paloma Abdallah
e Silvia Lemos

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais