Qual é a nota?

0

“O que você está achando da organização do São João 2004?”, pergunta a estudante Maria Aparecida Correia, 21 anos, a mais um turista durante o São João de Itaporanga D`Ajuda. Este é apenas um dos 11 ítens de uma lista que a Prefeitura da Cidade preparou e é aplicado nos sete dias da programação junina com o objetivo de aprimorar a qualidade dos evento, ouvindo a opinião dos forrozeiros. Maria Aparecida, que mora a poucos metros da praça de eventos, é uma das pessoas escolhidas pela organização do São João 2004 para realizar a pesquisa. Ela explicou que entrevista centenas de pessoas de todas as idades a cada noite de festa no forródromo de Itaporanga. A estudante e outros dois estagiários circulam pela festa ouvindo todos os dias os frequentadores sobre o atendimento, a higiene, decoração interna dos bares, além de perguntar sobre a diversidade, quantidade e qualidade do tira-gosto e se a cerveja e o refrigerante estão gelados. Para tornar mais precisa a apuração, cada formulário é preenchido com o número do bar onde ocorreu a entrevista, a data, além de dados sobre o turista, como sexo e profissão. As respostas são computadas através das opções: bom, regular e ruim. O forrozeiro pode ainda dar sugestões livres sobre qualquer aspecto realicionado à festa. Numa segunda etapa, os entrevistados dão sua nota para o policiamento e a segurança do evento. Segundo a estudante Aparecida, estas informações serão repassadas à Polícia Militar. O questionário inclui ainda perguntas sobre a decoração da praça de eventos e sobre o atendimento ao turista. De acordo com a organizadora da festa, a secretária municipal de Administração Celda Cortes, o objetivo é adequar a organização deste e dos futuros eventos ao gosto dos turistas e da população de Itaporanga.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais