Quem disse que forró só se dança agarradinho?

0

As jovens amigas não se intimidam e curtem o forró
A diversão também foi o lema das solteiras e dos solteiros que compareceram ao Forró da Central. Ao ritmo das bandas Babado Novo, Levada Louca, XoteBaião e do cantor Reginaldo Rossi, eles conseguiram provar que mesmo sem um par dançante é possível curtir um atraente forró pé-de-serra.

 

“Me divirto muito, mesmo que os homens não se aproximem para dançar, o que poderia tornar a festa muito mais empolgante, já que um autêntico forró é curtido a dois”, queixou-se a jovem Sara Novaes, que foi a festa acompanhada das amigas Natacha Gonçalves e Darciane Resende.

 

Entre os garotos, o lema é abusar das paqueras e das piadas contadas entre os amigos durante o show, mas a opinião que prevalece é a de que, embora se divirtam sozinhos, as mulheres tornam

Xote Baião e Babado Novo fazem a animação das jovens senhoras no Forró da Central
difícil a aproximação. “Elas são bastante retraídas e tímidas. Isso nos mostra que não fazem questão de um par para dançar. Preferem dançar sozinhas ou entre elas”, afirmou o jovem Rafael, de 17 anos, que se manteve ao lado de quatro amigos da mesma idade.

 

Mesmo com divergências, o que tornou-se evidente na festa é que tanto as meninas, quanto os meninos estão preparados para dançar a balada do forró dos solitários. Aquele que, mesmo com a ajuda dos músicos da banda Xote Baião, em todos os shows a postos para encorajar os cavalheiros a unirem-se as damas, consegue amansar o gingado que caracteriza o autêntico ritmo nordestino.

 

“Viemos acompanhadas dos nossos filhos. Enquanto eles se distraem com os amigos, o ideal é também curtir os shows das bandas Babado Novo e XoteBaião, que gostamos muito”, confirmou Cleide Carvalho, que foi ao show com a amiga Marta Cabral.

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais