Rodriguinho lança “Tributo ao Rei Luiz” na terça-feira

0

Capa do CD “Tributo ao rei Luiz”
Talvez pelo seu nome verdadeiro e completo – Antônio Rodrigues dos Santos – o internauta não saiba exatamente quem é. Ele é Rodriguinho que pelo menos desde 1992 empresta seu talento ao mundo musical sergipano, primeiro como compositor e ultimamente também como cantor. As primeiras músicas compostas por ele – quatro delas – estão no LP de Nadinho do Acordeon, lançado em 1992.

Sete anos depois, Auvanildo gravou, agora em CD, outras musicas da autoria de Rodriguinho, até que, em 2001, graças a Lei de Incentivo a Cultura ele próprio gravou suas composições no CD “Cartão Postal”. Agora, ele está de disco novo: novamente apoiado pela mesma Lei da Funcaju, ele lança nesta terça-feira, a partir das 20 horas, na Casa de Shows Cariri, o seu novo trabalho, “Tributo ao Rei Luiz”.

A música que dá título ao CD já é considerada um clássico. “Nascer e viver feliz/Não é prá todo mundo”, diz a letra, concluindo: “Quem plantou tanta beleza/Só pode colher a paz”. Rodriguinho presta homenagens a Aracaju (“Conhecer Aracaju” é uma das mais alegres do CD) e a Propriá (“Propriá dos meus amores”). Ao todo são quatorze faixas que ilustram um trabalho bem cuidado e melhor realizado.

Rodriguinho faz o lançamento do seu CD na noite de 3ª feira, no Cariri, na praia de Atalaia. No dia 18, apresenta-se, a partir das 18 horas no Forró-Caju e no dia 28 estará no Arraia do Povo, a partir das 22 horas.

O CD “Tributo ao Rei Luiz” amplia o ramo musical dos festejos juninos. Também financiado pela Lei de Incentivo a Cultura, o forrozeiro Luiz Paulo lançou, em março último, um CD com muito forró. Agora Rodriguinho reencontra seu público com um trabalho de primeira qualidade. Ponto para a Funcaju, portanto.

Por Ivan Valença

Comentários