Rota do Cangaço vai operar com duas embarcações

0

(Foto: Ascom Setur)

A cidade de Canindé de São Francisco, localizada a 213 km de Aracaju, é um dos principais destinos turísticos do estado sergipano. No município, o visitante tem a oportunidade de realizar passeios pelo Rio São Francisco, através de catamarãs ou escunas e conhecer as belezas envoltas e a história do sertanejo. E é neste cenário que Complexo Turístico Xingó se prepara para iniciar o mais novo roteiro naquela região.

A ideia nesta nova roteirização turística é dar destaque a Rota do Cangaço, levando os turistas e visitantes a conhecerem a Grota de Angico, local onde Lampião, Maria Bonita e todo seu bando foram mortos pela emboscada da volante. Será um produto turístico estruturado, integrando as cidades de Canindé de São Francisco, Poço Redondo e o centro histórico de Piranhas (AL). “É a Rota do Cangaço que leva o turista a conhecer uma das últimas trilhas percorridas pelo cangaceiro Lampião, Maria Bonita e nove companheiros, que foram assassinados pela Volante comandada pelo Coronel Bezerra, na área conhecida por Grota de Angico”, explica a secretária de turismo de Canindé, Silvia de Oliveira.

Para desfrutar deste passeio, o turista navegará pela parte não-represada do Rio São Francisco através do catamarã Pomonga, reativado através do apoio da Secretaria de Turismo (Setur) e Empresa Sergipana de Turismo (Emsetur). Este roteiro será explorado através da empresa Mftur, que já opera o passeio do Cânion de Xingó, numa demonstração onde as parcerias são imprescindíveis para o desenvolvimento turístico do estado.

“É graças à iniciativa privada que o turismo sergipano vem crescendo. Sabemos que será um verdadeiro sucesso este novo roteiro inteiramente sergipano e explorado por um empresário da terra, com a reforma do catamarã Pomonga, os turistas terão a oportunidade de navegar pelas águas do Rio São Francisco, com conforto e comodidade, além de fazer a caminhada até a Grota de Angico e no retorno mergulhar nas refrescantes águas do São Francisco e de apreciar a beleza do bioma caatinga. Um lugar ideal para renovar as energias e interagir com a natureza e tudo que ela nos traz de bom”, divulgou o secretário de Turismo, Elber Batalha.

A secretária de turismo de Canindé, Silvinha Oliveira comemora a reforma do catamarã Pomonga que vai servir para gerar novos postos de trabalho no município. "Só temos que comemorar a reforma deste equipamento turistico que irá ampliar os passeios e atenderá a demanda dos turistas que visitam Canindé e gerarar mais emprego e renda para o municipio", disse.

O empresário Mané Foguete, proprietário da MFTur e especialista na área do turismo náutico está ansioso em colocar a nova embarcação no rio, que dobrará a capacidade naquele roteiro. “Restauramos todo o catamarã Pomonga e conseguiu transformar a embarcação de origem caribenha mantendo seu formato original, com o famoso banho de hidromassagem, que faz a alegria e deleite dos turistas. A nossa primeira viagem acontecerá na próxima sexta-feira (13). É bom ressaltar que com a reforma do Pomonga e a chegada do Cotinguiba, agora serão dois catamarãs totalizando 100 lugares, para os turistas que desejam conhecer a Rota do Cangaço”, informou.

Capacitação

Em paralelo a chegada do novo roteiro, a prefeitura de Canindé de São Francisco nesta sexta-feira (13) estará fazendo a entrega dos certificados aos alunos do curso garçom, cozinheira, recepcionistas, camareira e doces e salgados, fruto de uma parceria com o  SENAC.

Fonte: Ascom Setur

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais