Samba de coco e Asa Branca abrem festejos de São Pedro no Forró Caju

0
Quadrilha Unidos em Asa Branca encantou sergipanos e turistas (Foto: Portal Infonet)

O tradicional samba de coco do mosqueiro e a quadrilha Unidos em Asa Branca abriram os festejos de São Pedro no Forró Caju durante o início da noite desta sexta-feira, 28. A praça dos mercados centrais da capital começou a ficar repleta de sergipanos e turistas. Ambos fizeram questão de lembar que o mês de junho ainda não acabou. Ainda nesta véspera de São Pedro, Márcia Fellipe, Luan Estilizado, Avine Vinny e o Trio Nordestino sobem ao palco principal, que leva o nome do rei do baião, Luiz Gonzaga.

Rosalvo da Conceição, um dos líderes do grupo samba de coco do mosqueiro (Foto: Portal Infonet)

O grupo samba de coco foi o primeiro a subir ao palco do ‘Arraiá da Clemilda’. Com suas danças e coreografias ritmadas mostraram que o forró é capaz de aquecer qualquer noite fria de junho. “É uma tradição que eu mantenho há mais de 50 anos”, diz Rosalvo da Conceição, um dos líderes do grupo. Ele conta que para manter o forró na ponta dos pés leva consigo uma receita que aprendeu com os avós durante a infância. “O segredo é não beber, não fumar e nem perder noite. Tenho 71 anos de muito samba e alegria”, brinca.

Em seguida foi a vez da quadrilha Unidos em Asa Branca assumir o palco e contar a história de amor e redenção que tem como plano de fundo a linda noite junina. “O nosso tema desse ano é “tu vens… eu já escuto os teus sinais”, diz Jorge Borges, representante da quadrilha. Ele explica que o enredo gira em torno de João, um grande cantador. “Embora ele tenha conhecido vários cantos do país e viajado pelo mundo levando sua música, João jamais esqueceu uma antiga paixão: uma cuidadora de girassol chamada moreninha”, conta Borges. A história termina com dos dois casados comemorando o matrimônio numa bela noite de São João.

O turista baiano disse que gostou muito das atrações (Foto: Portal Infonet)

A história surpreendeu o turista baiano Júlio César. Segundo ele, valeu a pena vir de Salvador para presenciar este grande espetáculo. “Tudo foi muito lindo. Uma história bem contada e emocionante”, elogiou Júlio. Ele faz questão de frisar que veio a Sergipe exclusivamente para acompanhar os festejos do Forró Caju. “É uma tradição que me motiva muito a visitar esse estado vizinho. Amo esse período junino. Tudo é muito gostoso”, avalia.

O sergipano Bruno Santos diz que estava em casa de bobeira quando fez o convite à esposa para curtir a noite de atrações.

O sergipano Bruno Santos diz que estava em casa de bobeira quando fez o convite à esposa para curtir a noite de atrações (Foto: Portal Infonet)

“Pensei: por que não prestigiar o São Pedro no Forró Caju”?, conta. Bruno diz que a companheira aceitou sem pensar duas vezes. “Agora não temos hora de voltar para casa. Vamos curtir todos os shows”, brinca.

Confira as demais atrações

Palco Luiz Gonzaga

22h – Avine Vinny
23h30 – Luan Estilizado
01h – Trio Nordestino
02h30 – Márcia Fellipe

Confira também a programação deste sábado, 29. 

29 de Junho – sábado
Arraial da Clemilda

18h- Grupo As Caceteiras
19h- Quadrilha Século XX
20h- Lucas Campelo

Palco Luiz Gonzaga
20h – Erivaldo de Carira
22h – Solange Almeida
23h30 – Jeanny Lins e Dedé Brasil
01h – Lourinho do Acordeon
02h30 – Jonas Esticado

por João Paulo Schneider 

Comentários