SE participa do 3º Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba

0
25 cidades brasileiras vão apresentar, simultaneamente, um show em formato de roda de samba, com transmissão ao vivo nas redes sociais. (Foto: Ascom/3° Encontro Nacional de Samba de Roda)

No próximo sábado, 12 de dezembro, Sergipe participa do 3º Encontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba. Nesta edição, 25 cidades brasileiras vão apresentar, simultaneamente, um show em formato de roda de samba, com transmissão ao vivo nas redes sociais. O Encontro, que representa o símbolo de resistência e visibilidade da mulher no samba, acontece anualmente e vai ganhando adesão cada vez maior no território nacional e internacional, este ano, homenageando a cantora Elza Soares. Em Sergipe, o evento foi contemplado pela Lei Aldir Blanc, regulamentada pelo Governo Federal, através do Edital Janela Para as Artes, aberto pela Fundação Cultural Cidade de Aracaju – Funcaju/PMA.

Em 2019, Sergipe participou pela primeira vez do evento, que aconteceu simultaneamente em 23 cidades de 17 estados do Brasil e mais 03 países. Na Praça General Valadão, mais de 30 mulheres, entre cantoras e instrumentistas, se reuniram numa grande roda de samba, com presença massiva do público. “Foi um momento emocionante, em que celebramos a união de mulheres artistas e todo o incentivo que o público nos deu. O processo colaborativo entre tantas artistas e grupos diferentes foi engrandecedor e rendeu lindos frutos, que colhemos até hoje. Uma rede de apoio se criou e passamos a nos fortalecer umas nas outras cada dia mais”, avalia Mayra Félix, cantora, compositora e empreendedora.

Este ano, o evento será realizado em formato reduzido e em ambiente controlado, no Parêa Culinária Artesanal. A céu aberto, o Encontro acontecerá com as medidas preventivas de distanciamento social entre as integrantes, segundo conta Cláudia Cristine, do Grupo Samba de Moça Só, que está à frente do evento em Sergipe. “Estamos pensando em estratégias para garantir segurança para todas nós, sem abrir mão da nossa adesão ao movimento, que acontece em todo o país. A força é grande e a simbologia, ainda maior, no que se refere ao fomento do empoderamento feminino e da ocupação de espaços pela mulher, na música e no samba, reafirmando a importância da valorização da mulher artista no nosso Estado”, conta a percussionista e uma das organizadoras do Encontro.

Além do grupo Samba de Moça Só [Rayra Mayara, Pétala Tâmisa, Cláudia Cristine e Gislene Souza] e de Mayra Félix, participarão da roda Thaty Menezes [apresentação], Maria Cristina, Anne Carol, Day Royala, Lari Lima, Rebecca Melo, Táia, Mamah, Camilla Campos, Willyane Corumba, Celda Fontes, Letícia Sambalê, Carol Schmidt, Victoria Oduma e Elis Correia, proprietária do Parêa Culinária Artesanal, que sediará o evento. O local, que abriga as delícias do Projeto Ilê Akará, já fez tradição com a realização de uma programação musical semanal, sempre às quartas-feiras, prioritariamente protagonizada por mulheres. “Desde que abrimos as portas da nova sede, minha esposa Raissa e eu assumimos o compromisso de contribuir no fortalecimento das mulheres artistas da nossa terra, em especial, as mulheres pretas. Com todas temos uma relação de grande parceria, sonoridade e espírito colaborativo. Por isso, neste momento, nada mais justo que oferecermos o nosso espaço, que além de tudo é a céu aberto, para a realização da Roda desse ano”, afirma Elis.

Para quem desejar contribuir com o evento, foi aberta uma campanha de financiamento coletivo. Basta acessar o site https://www.vakinha.com.br/vaquinha/aracaju-3-encontro-nacional-de-mulheres-na-roda-de-samba. Quem doar a partir de R$ 75 concorrerá ao sorteio de duas mesas, com quatro lugares cada, para as únicas oito pessoas que poderão assistir presencialmente ao evento. O sorteio será realizado ao vivo no dia 11 de dezembro, às 21h, pelo Instagram @sambademocaso. No dia 12, o evento será transmitido pelo Facebook do evento Nacional e pelo Youtube do Grupo Samba de Moça Só [https://www.youtube.com/user/sambademocaso].

Fonte: Assessoria/3ºEncontro Nacional de Mulheres na Roda de Samba

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais