Segurança nota 10!

0

A segurança intensiva feita pela Policia Militar é algo muito importante, mas que nem sempre tem o seu devido reconhecimento. Só para se ter uma idéia, você já imaginou uma festa como o Pré-caju sem a presença da PM? Pois é, você não deve ter conseguido imaginar, mas tenha certeza de que sem a presença deles não é possível ter tranqüilidade. O assessor de comunicação da Polícia Militar, o tenente-coronel Salvador Sobrinho, conversou com a equipe da InfoNet e fez um levantamento sobre a atuação da PM no Pré-Caju. PORTAL INFONET – Tenente-coronel Sobrinho, quantos homens foram destacados para trabalhar durante o Pré-Caju? SALVADOR SOBRINHO – Foram destacados 850 homens bem treinados, carros de apoio e toda uma estrutura especialmente montada para eventos desse porte. Tudo foi muito bem planejado para termos o melhor resultado possível. INFONET – A realização do Pré-Caju na área dos mercados centrais colaborou com o trabalho da PM? SS – Colaborou muito. Nos outros anos, com o antigo percurso, o efetivo da PM ficava diluído e com isso a contenção da atividade marginal ficava prejudicada. Este ano foi distribuído, ao longo do percurso, 14 câmeras de vídeo controladas por computador. O novo equipamento ajuda identificar suspeitos, pessoas armadas, brigas e outras ações reprováveis. Vários fatores, graças a Deus, contribuíram para a festa ser mais tranqüila. INFONET – O que mais contribui para o aumento das ocorrências? SS – O consumo excessivo de bebidas alcoólicas, sem sombra de dúvidas, é o maior responsável por esse aumento. Mas como não podemos proibir a venda de bebidas, resta-nos deter qualquer ato que ponha em risco a segurança da população. INFONET – Como o senhor avaliaria a atuação da PM no Pré-Caju no ano de 2004? SS – Todos os anos nossa corporação sempre recebe notas altas, entre nove e dez, mas sempre somos mais exigentes e nos atribuímos notas inferiores, em torno de sete e oito. Este ano tenho que reconhecer que nosso trabalho foi cumprido da melhor forma possível. Recebemos elogios da imprensa, da população e da organização do evento. Sem modéstia, em 2004, a Policia Militar de Sergipe merece nota dez. Por Guilherme Gouy

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais