Solte a criatividade, reforme o seu abadá

0

Um dos últimos preparativos para uma festa como o Pré-Caju é o abadá. A entrega começa a ser feita hoje e as costureiras já estão com linha na agulha para as tradicionais reformas. E engana-se quem pensa que somente as garotas querem cortar daqui e costurar dali, os rapazes também querem modificar o visual dos camisetões largos e iguais. Apesar de o tempo disponível para o trabalho ser realmente pouco, a costureira Petrucia Silva Pereira brinca que “o tempo é curto pelas invenções das meninas”. Ela conta que no Pré-Caju 2003, fez um abadá com bordado, e espera reformar pelo menos uns 200 abadás para a prévia neste ano. A costureira Celeste Silva Melo, diz que nesta época contrata mais funcionárias, chegando a 6 costureiras, trabalhando cerca de 500 abadás. Os modelos mais procurados continuam sendo o tomara-que-caia, frente única e os tipos camisetinha. Segundo Celeste, a moda agora deve ser o lastex e as fivelinhas, para as mulheres, e regatas ou camisas aumentadas para os homens. Os preços variam de R$5,00 para os modelos mais simples, até R$10,00 para os mais complexos, de lastex, por exemplo. De qualquer forma, é bom buscar logo o seu abadá e correr para a costureira, pois todos os clientes terão ordem de chegada. E quem quer ser mais um na multidão? Por Joyce Carla

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais