Tiago Hélcias e a cobertura do Pré-Caju

0

Há quase três anos trabalhando como repórter na TV Caju, Tiago Hélcias parece que já nasceu predestinado a ser comunicador. Filho de Fátima Boto e Eduardo Hélcias, dois jornalistas de mão cheia, ele já trabalha com televisão desde 98, como diretor e produtor, quando ainda morava em Maceió. Hoje ele é âncora do Regra de Três, um programa de debates da TV Caju. Tiago Hélcias fala um pouco de suas experiências como jornalista, além de dar sua opinião sobre o Pré-Caju 2004. PORTAL INFONET – Conta para a gente um pouco sobre sua vida no jornalismo sergipano. TIAGO HÉLCIAS – Eu já trabalhei com direção e produção na TV. Inclusive fazia isso no Regra de Três, quando minha mãe era a apresentadora do programa. Agora eu apresento e sou repórter diário da TV Caju. Estou me formando agora em Jornalismo pela Unit, e já tenho uma experiência grande. INFONET – É a sua primeira grande cobertura? TH – Não, já estou no meu segundo Pré-Caju, fiz a cobertura do Forró Caju ano passado, tenho uma bagagem sensacional. Sinto-me um privilegiado, aos poucos estou conquistando o meu espaço, sempre prezando pela informação correta, com ética, responsabilidade, minha vida é pautada nisso, faço aquilo que gosto, dou o meu sangue por isso. INFONET – Quais são os seus projetos para 2004? TH – Eu estou com o projeto de um programa de rádio na Liberdade FM, que deve ir ao ar aos sábados. Ainda estamos negociando, não posso adiantar muita coisa, mas posso afirmar que ele vai ao ar ainda esse semestre. O programa vai ser puro rock, é só o que posso dizer. INFONET – Você, que fez essa pergunta para tanta gente nesse Pré-Caju, chegou a hora de ser o entrevistado. Qual a sua opinião sobre a mudança do local da prévia? TH – O Pré-Caju estava precisando de um novo ânimo. A mudança de local aconteceu em vários locais, com grandes festas como o Maceió Fest e o Recifolia. A festa está mais concentrada, é fechada, está mais segura. Os trios passam mais de uma vez pelos camarotes e pelas câmeras de TV, todo mundo se encontra, as várias tribos, todo mundo brinca, todo mundo tem vez. O Planetaju também é um aspecto positivo da festa, porque também concentra as pessoas. Como o próprio Fabiano já disse, o Pré-Caju está renovado por mais dez anos. INFONET – O que você tem a dizer sobre o seu caso de amor com a TV Caju? TH – Eu estou muito feliz por estar na TV Caju, estamos juntos, eles têm acreditado muito em mim, e eu neles. Mas a gente sempre quer alçar vôos mais longos, e eu tenho essa ambição, uma ambição positiva. Sem falsa modéstia, eu acredito no meu potencial. Não vou me deixar levar pela glamourização, por causa do prestígio, eu tenho os pés no chão. Você sacrifica muita coisa, família, não tem sábado, domingo e feriado. Jornalismo é vocação, tem que nascer para isso, tem que estar no sangue. Por Najara Lima

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais