Velho Lula é homenageado por Targino Gondim

0

No melhor estilo Luiz Gonzaga, Targino Gondim colocou todo mundo para ouvir o “chiadinho” da chinela. Provocou os casais a dançarem agarradinho ao som de “todo tempo quanto houver pra mim é pouco, pra dançar com meu benzinho numa sala de reboco”.

 

Ele continua a homenagem ao grande mestre Luiz Gonzaga com uma seqüência de xote. E não deixou de cantar o clássico do velho Lula. “Minha vida é andar por este país, pra ver se um dia descanso feliz. Guardando a recordação das terras onde passei, andando pelos sertões e vendo amigos que lá deixei…”

Comentários

Nós usamos cookies para melhorar a sua experiência em nosso portal. Ao clicar em concordar, você estará de acordo com o uso conforme descrito em nossa Política de Privacidade. Concordar Leia mais